Acusado de matar jovem no Plaza Niterói vai responder por feminicídio

Atualizado: Jun 3

Homem comprou faca no shopping para matar Vitórya Melissa Mota, de 22 anos



Matheus Silva matou Vitórya depois de se declarar apaixonado por ela. Foto: Reprodução

Vitórya Melissa foi vítima de feminicídio. Reprodução


O homem preso em flagrante nesta terça-feira por ter esfaqueado uma jovem no Plaza Niterói vai responder por crime de feminicídio. Investigações preliminares mostraram que Matheus Silva, o autor das facadas, se apaixonou pela vítima, Vitórya Melissa Mota, de 22 anos, e não foi correspondido, o que teria motivado o crime.


Leia mais: Mulher morre após ser esfaqueada na praça de alimentação do Plaza


Ainda segundo a Polícia Civil, a vítima e Matheus eram colegas no curso de Técnico em Enfermagem. O homem teria se declarado para Vitórya recentemente, mas a jovem não demonstrou interesse. Nesta quarta-feira, ele foi até o shopping, comprou uma faca no local e esfaqueou a jovem onde ela trabalhava.


Vitórya Melissa, que havia completado 22 anos no último domingo, chegou a ser socorrida pela ambulância do Corpo de Bombeiros e levada para o Hospital Estadual Azevedo Lima, no Fonseca, mas não resistiu.


Prisão em flagrante


Em nota, a Polícia Civil relatou que a prisão do acusado foi efetuada em flagrante por policiais da 76ªDP (Centro) que passavam próximo ao Plaza Niterói. Testemunhas informaram que um homem armado estava na praça de alimentação do shopping e pediram socorro. Os policiais foram ao local, capturaram o acusado e apreenderam a faca utilizada no crime, comprada minutos antes.