Aluno do Pedro II do Barreto consegue se inscrever em curso de Cambridge

Atualizado: Fev 26

Com quase R$ 30 mil arrecadados em vaquinha virtual, Luã Nascimento garante matrícula para estudar na Inglaterra


Por Gabriel Gontijo

Luã Magalhães do Nascimento chegou a estudar oito horas por dias para o concurso da Universidade de Cambridge. Foto: Vítor Nascimento


O sonho está perto de virar realidade. O aluno do Colégio Pedro II do Barreto, na Zona Norte de Niterói, Luã Magalhães do Nascimento, de 17 anos, conseguiu fazer a inscrição para o curso de verão de Engenharia na Universidade de Cambridge, na Inglaterra. A instituição confirmou a matrícula em comunicado enviado para a família nesta quarta-feira (24).


Leia também: outras conquistas de alunos do Pedro II de Niterói


A informação foi passada com exclusividade ao A Seguir: Niterói pela mãe do adolescente, a professora Cláudia Nascimento. Ela disse que a inscrição foi o "primeiro passo" para a conquista da vaga. Para a mãe do jovem, agora "é prosseguir até chegar o momento final, sempre "com afeto e muita simplicidade" de todos da família.


Aluno do terceiro ano do Ensino Médio da unidade do colégio, Luã explica que se propôs a estudar com afinco desde que soube soube do concurso. O estudante afirma que chegou a passar mais de oito horas por dia se dedicando exclusivamente aos estudos. Além disso, explica como convenceu os pais a fazer a vaquinha virtual, que já arrecadou quase R$ 30 mil até o momento.


- Eles aceitaram a ideia da vaquinha quando perceberam a enorme importância do curso para mim, bem como a inviabilidade de cobrirem todos os seus custos. A mobilização inicial dos amigos e familiares me apoiando também foi muito importante para a realização da vaquinha - conta o adolescente.


Sonhos maiores para o futuro


A conquista da garantia da inscrição no curso é mais uma prova do interesse que Luã tem nos estudos. Tendo vencido dois concursos na área da literatura quando ainda cursava o ensino fundamental, o adolescente responde que não tem preferências entre disciplinas de humanas ou exatas. Com personalidade, ele acredita que não é possível separar totalmente um tipo de aprendizado do outro.


A conquista com a garantia da inscrição no curso é mais uma prova do interesse que Luã tem nos estudos. Tendo vencido dois concursos na área da literatura quando ainda cursava o ensino fundamental, o adolescente responde que não tem preferências entre disciplinas de humanas ou exatas. Com personalidade, ele acredita que não é possível separar totalmente um tipo de aprendizado do outro.


- Não tenho preferências tão claras em áreas específicas do conhecimento. Penso que a tradicional divisão do saber em diferentes disciplinas, feita nos centros de ensino e

pesquisa, são para fins didáticos e de recorte analítico da realidade. O mundo, em si, não é separado por áreas do conhecimento, e me interessa muito tentar entendê-lo de maneira interdisciplinar; em sua totalidade, além de poder contribuir para suas diversas vertentes - analista o estudante.


Com a previsão para viajar em junho, ele deve realizar o curso entre julho e agosto de 2021. O período de estudos em Cambridge está programado para duas semanas entre esses meses. A vaquinha virtual segue ativa e quem quiser ajudar basta acessar o site https://abacashi.com/p/ajude-lua-a-chegar-em-cambridge.



© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.