Amor e cuidado com o outro: a comovente mensagem de Paulo Gustavo

Em vídeo de especial de fim de ano, o ator vítima da Covid-19 exaltava as artes e incentivava o distanciamento social como demonstração de afeto


Reprodução/Youtube


Na noite desta triste terça-feira (04), o Brasil perdeu um de seus mais brilhantes e queridos artistas da atualidade. O ator e apresentador Paulo Gustavo, natural de Niterói, não resistiu às complicações causadas pela Covid-19. Em seu vídeo do especial de fim de seu programa 220 Volts, Paulo Gustavo lembrou da importância da arte e do cuidado, consigo e com o outro, durante a Pandemia.


- Esse ano foi difícil? Foi. E foram as artes dramáticas, a música, o cinema, a dança, enfim, a cultura em geral que nos ajudaram a seguir em frente, tornando tudo um pouquinho mais leve.


O ator declarava se sentir realizado por ser ator e comediante, e poder fazer as pessoas rirem e se sentirem mais felizes. Outra mensagem marcante do vídeo é a da importância de se demonstrar o amor pelas pessoas, não por palavras, mas com atitudes. A maior delas naquele momento, segundo o artista, era o cuidado na prevenção à doença, que já vitimou até o momento 412 mil brasileiros, incluindo o próprio Paulo Gustavo.


- Vamos todos cuidar da família, dos amigos, do vizinho, dos próximo, dos distantes, de todo mundo (...), diga o quanto você ama a quem você ama. Mas não fica só na fala, não. Ame na prática. Amar é ação. Amar é arte.


Assista a mensagem na íntegra: