Ana Luiza França lança em Niterói seu primeiro livro, 'No Ventre do Mundo'

Estreante na literatura brasileira, artista participa do Projeto Palavra Franca

A autora Ana Luiza França / Foto: Laura França


O livro de poemas “No Ventre do Mundo”, escrito por Ana Luiza França, é a consolidação de uma vida dedicada aos movimentos artísticos. Vivendo há três décadas na cidade de Niterói, ela se prepara para o lançamento de sua obra, que ocorrerá no dia 10 de dezembro, com uma live no seu perfil do Instagram @palavrafranca.


Atriz, professora de Teatro e Artes, contadora de histórias e produtora, Ana Luiza seguiu o desejo de materializar a narrativa poética que nasce dentro dela “por estar nesse mundo”. Dessa forma, os 106 poemas publicados na obra literária servem como um espelho de quem tem como princípio refletir o mundo à sua volta. Essa primeira experiência de publicação faz parte do "Projeto Palavra Franca", selecionado na "Chamada Pública de Fomento às Artes” de Niterói, realizada pela Prefeitura Municipal de Niterói, por meio da Secretaria Municipal das Culturas e Fundação de Arte de Niterói (FAN).


Além do lançamento do livro, o projeto inclui também a “Oficina Palavra Franca de Escrita Criativa”. Serão quatro encontros em plataforma de conferência virtual para 20 adolescentes do sexo e/ou gênero feminino, moradoras de Niterói, preferencialmente da região do Engenho do Mato, e estudantes de escolas públicas. A artista acredita no potencial de fortalecimento e de libertação da escrita, na medida em que ela se apresenta como uma possibilidade criativa de dialogar com a realidade. Com a oficina, pretende contribuir para que cada participante encontre, ou aprofunde, sua própria forma de se expressar através das palavras. Além de participarem da oficina, as jovens irão ganhar também um exemplar do livro.


Ana Luiza França conta que escrever um livro nunca esteve entre os seus planos profissionais. Em 2018, quando começou a publicar os poemas de sua autoria na rede social Instagram, teve início a mudança: ela passou por um estágio de amadurecimento que, fatalmente, a levaria a esse encontro.


- Minhas primeiras tentativas de poemas nasceram com as letras de quem está aprendendo a ler - conta França.


Em 2019, quando tomou conhecimento do Edital de Fomento às Artes, pensou que seria uma oportunidade de se consolidar, também, como poeta. A pré-venda do livro se dará através do perfil https://www.instagram.com/palavrafranca/, onde os interessados podem adquiri-lo desde 30 de novembro. É nesse mesmo perfil que ocorrerá a live do dia 10 de dezembro.