É lamentável Niterói se esforçar e municípios vizinhos 'não fazerem nada', diz Axel Grael

Prefeito de Niterói reclama que São Gonçalo 'exporta' pacientes com Covid para a cidade


Por Gabriel Gontijo

O Prefeito Axel Grael em pronunciamento nas redes sociais. Foto: Reprodução internet


Mesmo com a reação negativa às críticas feitas a São Gonçalo na Prefeitura da cidade vizinha, o Prefeito de Niterói, Axel Grael (PDT), voltou a se queixar publicamente da falta de apoio de cidades vizinhas no combate à pandemia e do fato de Niterói receber pacientes de Covid vindos de outras cidades, especialmente São Gonçalo. Em pronunciamento nesta quinta-feira (15), Grael foi enfático ao afirmar que muitas cidades "não fazem nada".


Leia mais: Niterói anuncia flexibilização de atividades a partir de segunda


- Enquanto a gente aqui (em Niterói) toma cuidados, implanta medidas restritivas, há outros municípios que não fazem nada. Não fiscalizam, não controlam, as atividades seguindo como se nada estivesse acontecendo, e a consequência disso é que Niterói acaba recebendo uma demanda nos hospitais que não é nossa - declarou Axel.


Afirmando que 30% dos pacientes internados em Niterói são de outras cidades, sendo que 20% deles de São Gonçalo, Axel disse ainda que é "lamentável" a Prefeitura niteroiense se esforçar enquanto outros locais "não fazem a mesma coisa".


Na segunda-feira, o Prefeito de Niterói já tinha se queixado da falta de medidas mais restritivas contra a Covid em São Gonçalo, governada pelo Prefeito bolsonarista Capitão Nelson, do Avante.


Em resposta, na quarta, São Gonçalo anunciou uma série de medidas, como a ampliação dos postos de vacinação, além de afirmar que vai barrar moradores de Niterói que tentarem se vacinar no município. No mesmo dia, Grael implantara barreiras sanitárias nos acessos a Niterói e tinha suspendido a vacinação na cidade por falta de doses.