Beira Mar reabre as portas de seu restaurante em Icaraí

Confeitaria da Moreira César agora usa salão para serviço à la carte


Por Lívia Figueiredo


O salão do restaurante da Beira Mar, reformado. Foto: Divulgação/ Beira Mar


O restaurante da prestigiada Confeitaria Beira Mar reabriu as portas nesta sexta-feira (25), após sete meses fechado. O visual reformado segue as normas e condições necessárias em tempos de pandemia. No lugar do buffet self-service, o serviço passa a ser à la carte, com garçons servindo as refeições, selecionadas pelos clientes, em travessas de vidro.


Como adaptação a esse novo cenário, o número de cadeiras do restaurante precisou ser reduzido em mais da metade, de 128 para 60, obedecendo ao distanciamento determinado pelas autoridades de saúde pública. O ambiente foi reformado, com nova decoração e um sistema de iluminação, deixando o espaço ainda mais convidativo.

Entre as principais mudanças estão as catracas na entrada e na saída do restaurante, com o controle de fichas para facilitar o pagamento.


- Foi contratada uma arquiteta especializada em acessibilidade. Rampas de acesso e banheiros foram adaptados aos portadores de deficiência - conta Maria Célia, uma das sócias da Beira Mar.


A partir dessa sexta-feira (25), o almoço começa a ser servido das 11h às 15h30m, o chá da tarde funcionará das 16h às 19h e o jantar, das 19h às 21h.


Já o tradicional café da manhã da Confeitaria voltará somente no dia 3 de outubro. O cardápio, que será lançado no dia 1/10, das 18h às 21h, contará agora com a novidade do Happy Hour Beira Mar, com queijos, uma seleção de frios, carpaccios, pastas, pães, sanduíches, vinhos, cervejas e uma variedade de guloseimas.


- Tivemos muito cuidado para conseguir atender tudo dentro das exigências fiscais. Contratamos uma empresa de São Paulo para seguir todos os protocolos exigidos. Não há mais exposição de comida. Hoje os clientes são servidos pelos garçons e disponibilizamos um QR code em todas as mesas para facilitar o atendimento. O movimento hoje foi bom, conforme nós imaginávamos. Conseguimos atender dentro daquilo que estava programado, com todos os cuidados necessários - explica Maria Célia.


Glauci Velasco, aposentada da Caixa Econômica Federal, diz que se sente muito segura e voltaria a frequentar o restaurante seguindo todos os protocolos exigidos.


- Com o procedimento de higiene, os garçons devidamente equipados e as mesas afastadas, eu me sinto muito segura em voltar a frequentar o restaurante. Eu costumava ir à Beira Mar com minhas amigas para o lanche da tarde, tomar um cappuccino e agora me sinto segura em voltar a frequentá-lo – declara Glauci.


Cliente assídua da Beira Mar, a professora de inglês Giselle Trajano conta que, durante esse período de isolamento social, ela utiliza o aplicativo da Beira Mar quase diariamente. Além de pedir as refeições, também consome produtos da Confeitaria, como pão francês, brioche, leite, batata palha, doces e biscoito.


- Eles elaboraram um aplicativo com cardápios de pratos prontos que facilita bastante a escolha do cliente. Eu peço e pago pelo aplicativo. A entrega é sempre muito bem feita e caprichosa. Também peço por telefone e sou sempre muito bem atendida. Minha mãe, dona Lucina Ignácio de Castro, costuma dizer que os produtos da Beira Mar têm credibilidade e passam confiança e eu não poderia concordar mais – conta Giselle.



© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.