Bombeiros buscam militar desaparecido durante pesca em Itacoatiara

Militar, de 26 anos, estava pescando por volta das 21h desta quarta (13), quando escorregou de uma pedra no momento em que foi lançar o anzol

Foto: Reprodução/ Instagram Soami


Um militar da Marinha, de 26 anos, desapareceu na noite de quarta-feira (13), na Praia de Itacoatiara, em Niterói. Segundo relatos, Máyron Guimarães de Lima estava pescando com os amigos, por volta das 21h, quando escorregou de uma pedra no momento em que foi lançar o anzol. Ele estava acompanhado de amigos que viram o momento da queda, quando ele caiu, boiou e foi levado pela correnteza, mas conseguiu sinalizar a tempo.


Leia mais: Niterói recebe parecer favorável à aprovação das contas de 2020, mas TCE faz ressalvas


A Soami (Sociedade dos Amigos e Moradores de Itacoatiara) fez uma publicação em seu perfil do Instagram na manhã desta quinta-feira (14) e confirmou que na noite desta quarta, por volta das 21 horas, um pescador caiu da Pedra do Pampo. As equipes do Corpo de Bombeiros chegaram em poucos minutos e começaram as buscas que continuam. Helicóptero, motos aquáticas e mergulhadores foram acionados para encontrar a vítima desaparecida.


Não é a primeira vez que acidentes como este acontecem. A Soami reforça: "Fique atento às sinalizações do Corpo de Bombeiros. Evite entrar na água e transitar sobre as pedras na área do Pampo e Prainha quando o mar estiver revolto." Em nota, o Corpo de Bombeiros orientou a população a não praticar atividades noturnas em mar ou pedras, devido aos perigos envolvidos.


Procurado pelo A Seguir: Niterói, a corporação informou que esteve no local na noite desta quarta (13), assim que acionado para a ocorrência. A avaliação era de pouca visibilidade e mar revolto, em final de ressaca emitido pela própria Marinha, sem condições de navegabilidade, de modo que os riscos eram visíveis até mesmo para profissionais especializados.


O Corpo de Bombeiros acrescenta que os militares estiveram com a família até 1h da manhã orientando sobre estes riscos. A equipe enviada está desde 5h30 desta quinta-feira (14) empenhada no local com mergulhadores, guarda-vidas, embarcações, aeronave e drones para busca da vítima.