Câmara de Niterói vota orçamento de R$ 3,5 bi para 2021

Lei Orçamentária define destino dos recursos da Prefeitura para o primeiro ano do governo de Axel Grael



A Câmara Municipal de Niterói vota nesta semana a Lei Orçamentária Anual de 2021. O orçamento previsto para receitas no ano que vem é de R$ 3.508.345.350,52. Esse mesmo valor é o que está previsto para as despesas, dos quais R$ 2.093.628.419,78 são destinados ao orçamento fiscal e R$ 1.414.716.930,74, a gastos de seguridade social.

Ao todo, a proposta da LOA recebeu 367 emendas dos vereadores, sendo que o parlamentar que mais apresentou emendas foi Renatinho (Psol), com 91 sugestões aprovadas acrescidas ao documento. Na sequência, aparecem Paulo Eduardo (PSOL), com 80; Bruno Lessa (DEM), 70; e Leonardo Giordano (PC do B), 60.

Entre as emendas propostas estão a que implanta academias ao ar livre em cada uma das regiões administrativas de Niterói, ao custo de R$ 2 milhões; a que implanta academia da Terceira Idade na Região Oceânica, ao custo de R$ 500 mil; a que autoriza a instalação de rampas e esteiras fixas e móveis para garantir a acessibilidade de pessoas com deficiência a todas as praias do município, por R$ 550 mil; que garante manutenção do aluguel social aos despejados do “Prédio da Caixa” e de outros sem moradia, por R$ 5 milhões; aquisição de ambulância para a Maternidade Alzira Reis, por R$ 150 mil; aquisição de um odontomóvel para a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos poder atender a população em situação de rua, por R$ 150 mil; a implantação do Bilhete Especial do Desempregado, por R$ 1 milhão.