Câmara Muncipal suspende recesso e se prepara para período de emergência

Primeiro ato do Presidente da Câmara, vereador Milton Cal, foi determinar o funcionamento durante janeiro e fevereiro


O Presidente da Câmara, Milton Cal, aliado do governo, na posse de Axel Grael e co o vice, Paulo Bagueira. Reprodução


A cerimônia de posse do governo na Câmara Municipal, costuma ser um evento isolado no meio do feriado de Ano Novo e no período de recesso parlamentar. Mas desta vez não foi assim. O novo presidente da Câmara Municipal, Milton Cal, PP, decidiu, como primeiro ato, suspender o recesso parlamentar durante os meses de janeiro e fevereiro. Ele quer a Casa mobilizada para votar medidas mais urgentes da prefeitura no enfrentamento da Covid-19.


A decisão é importante no momento em que a cidade tem pela frente a campanha de vacinação contra a Covid. A Prefeitura fechou um acordo com o Instituto Butantan para a compra da CoronaVac, vacina chinesa que será produzida em São Paulo. Mas a operação não é simples e está sujeita a uma série de ajustes. O Prefeito foi autorizado a fazer o negócio caso não exista outra vacina aprovada pela Anvisa disponível, uma vez que a atribuição (e custeio) deveria ser do Governo Federal. A Prefeitura de Niterói precisará dos respaldo da Câmara para validar as suas decisões.