Cabo Frio passa a exigir de turistas teste negativo para Covid

Medida começa a valer na segunda-feira (11) e visa a evitar aglomerações nas praias


Houve aglomerações em praias de Cabo Frio no fim de ano. Foto reprodução da internet


Por causa da segunda onda de Covid-19, a Prefeitura de Cabo Frio passará a exigir teste negativo de Covid para autorizar a entrada de turistas na cidade. A medida, publicada em decreto no Diário Oficial do município nesta terça-feira (5), valerá a partir do dia 11, segunda-feira, sem prazo previsto para acabar. O objetivo é evitar aglomerações, especialmente nas praias, como ocorreram no réveillon.


Os testes de Covid exigidos, segundo o decreto, podem ser os rápidos IGM/IGG ou do tipo Swab, além do RT-PCR. No caso dos rápidos, têm de ter sido feitas no mínimo 72 horas antes de o turista tentar entrar em Cabo Frio.


Além disso, vans e ônibus de turismo também terão de apresentar o teste negativo para Covid do motorista, do guia e de todos os passageiros. Se apenas um dos passageiros não tiver o teste feito, todo o grupo será proibido de entrar no município.


Cabo Frio tinha na terça, dia da publicação do decreto, quase 80% das UTIs destinadas a pacientes com Covid já ocupadas. São 5.029 casos desde o começo da pandemia e 229 pessoas mortas pela doença.


Também hotéis e pousadas terão de exigir o teste negativo de Covid no momento do check-in, apresentando em seguida relatórios para a Prefeitura.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.