Casos novos e internações fazem Niterói retroceder no combate à Covid

Relatório de monitoramento da pandemia mostra maior ocupação de leitos e UTIs


Depois de 120 mil testes realizados, Niterói ainda registra 595 novos casos por semana


O aumento de novos casos confirmados de Covid e internações em leitos e UTIs hospitalares foram as principais razões para a piora no desempenho de Niterói no combate ao coronavírus. O relatório de monitoramento da Covid datado do dia 19 e publicado nesta segunda-feira, 23, na página da Prefeitura na web, registrou 595 novos casos na semana; o número de internações passou de 275 para 417, em leitos e UTIs, no último dia da pesquisa.


O relatório serve de base para a definição do estágio de alerta diante da gravidade da epidemia. A Secretaria de Saúde acompanha 12 indicadores diferentes, como o número de casos, internações, mortes e taxa de letalidade da doença, entre outros, numa planilha que os especialistas avaliem a disseminação da doença na cidade. Os resultados são ponderados e resultam num índice final, ou índice-síntese, com a Prefeitura prefere chamar. Quanto mais perto de zero, melhor a situação, que varia de Amarelo- 1, ente 0 e 5 ; Amarelo-2, de 5,1 a 10; Laranja, de 10,1 a 15; Vermelho, de 15,1 a 20; e roxo, de 20,1 a 30. Niterói permanece no Amarelo-2 há praticamente quatro meses. Mas a nota da cidade vem piorando nas últimas semanas. Passou de 5,38, a 638 e, agora, 7,38.


As principais mudanças ocorridas na última semana foram em relação à velocidade de avanço da doença, como o A Seguir: Niterói já havia alertado. O "salto" da doença é medido pela comparação entre os resultados mais atuais e os da semana anterior. Assim, o número de novos casos "saltou" de 370 paras 595, em sete dias. Também houve variação no número de pessoas internadas em leitos médicos, que passou de 116 para 194. No casos das UTIS, a mudança foi de 159 para 223. As internações foram classificadas em Alerta Laranja, como não acontecia desde a alta da doença nos meses de maio, junho e julho.


Estes números são diferentes daqueles que a Prefeitura divulga nos boletins diários, que o Prefeito Rodrigo Neves costuma exibir nas suas lives. Lá aparecem 105 internações, apenas. Contra as 417 do relatório. Os dois números são divulgados pela Secretaria de Saúde de Niterói, que jamais explicou a diferença de critérios. O A Seguir: Niterói nunca conseguiu uma explicação, em todas as solicitações feitas.