Chuva forte alaga o Fonseca e transforma a Alameda em rio em 20 minutos

Temporal causou transtornos na Zona Norte da cidade, e moradores falam em problemas crônicos

Alameda São Boaventura. Reprodução/Redes sociais


Vinte minutos de chuva foram suficientes para transformar a Alameda São Boaventura, no Fonseca, em um rio, na noite de quarta-feira. O temporal foi forte, deixando Niterói em estágio de atenção às 21h. Mas, de acordo com relatos de quem vive na região, os transtornos na Zona Norte não foram um caso isolado. Moradores registraram alagamentos em diversas vias e reclamaram de problemas crônicos.


Leia mais: Moradores de Várzea das Moças denunciam desmatamento para construção de crematório


"Isso sempre acontece, não tem jeito", relatou um morador. "Isso não muda e os governantes não fazem nada", disse outra.

Rua Santo Onofre. Amanda Soares


Também houve relatos de outras ruas alagadas no Fonseca, como Evilásio Silva e Santo Onofre, e também no Barreto. Quem vive na Zona Norte usou as redes para debater as condições das galerias subterrâneas na região.


"Aquele rio da Teixeira [de Freitas] está assoreado", denunciou uma usuária do Facebook. Como contraponto, houve quem lembrasse que a população tem sua parcela de responsabilidade da situação. "A verdade é que o brasileiro tem a péssima mania de culpar somente os governantes por coisas ruins que acontecem, que são os frutos de sua própria falta de educação, civilidade e de cuidado com a natureza".



A Prefeitura informou, por meio de nota, que a coleta domiciliar e a varrição de ruas estão reagularizadas no Fonseca e que realiza ações de conscientização sobre descarte de resídudos. Já a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos diz que a limpeza do canal e das caixas da Alameda é feita continuamente. Confira, na íntegra, a nota oficial:


"A Companhia de Limpeza de Niterói (Clin) informa que a coleta domiciliar e a varrição do Fonseca estão regularizadas. Campanhas educativas são realizadas com frequência na região no intuito de orientar a população quanto ao descarte correto dos resíduos. Os moradores podem colaborar com a limpeza urbana respeitando os dias e horários de coleta, acondicionando corretamente os seus resíduos e denunciando irregularidades através do 0800-022-2175 ou do link da ouvidoria no site www.clin.rj.gov.br.


A Secretaria de Conservação e Serviços Públicos realiza, continuamente, a limpeza do canal e das caixas da Alameda São Boaventura. Os corpos hídricos da Zona Norte que servem como deságue da região, como os rios Bomba, Maruí e Alameda, estão com a limpeza priorizada. Além da limpeza do rio Alameda, já feita, encontra-se em execução o rio Bomba, desde a Tenente Jardim até o Barreto, e o rio Maruí, iniciando no cemitério, indo até o largo de São Jorge, na Engenhoca".