Cidades vizinhas a Niterói também endurecem medidas restritivas

São Gonçalo e Itaboraí autorizam apenas o funcionamento de atividades essenciais; Tanguá e Rio Bonito fecham acessos às cachoeiras

Por Gabriel Gontijo

São Gonçalo endurece medidas sanitárias. Divulgação: Prefeitura de São Gonçalo


Assim como as cidades do Rio e Niterói, os municípios vizinhos de ambos os locais endureceram as medidas restritivas com normas vigorando já a partir desta sexta-feira (26). Em alguns lugares, mesmo as atividades consideradas essenciais estão com limitação de funcionários para o atendimento.


São Gonçalo


A prefeitura anunciou que seguem em funcionamento unidades de saúde, serviço funerário, Defesa Civil, segurança pública e serviços de limpeza e manutenção urbana. A vacinação contra a covid também seguirá de acordo com o calendário divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde de São Gonçalo.


As aulas dos ensinos público e particular estão suspensas, cirurgias eletivas só podem ser realizadas após o dia 5 de abril, lojas de materiais de construção só podem funcionar das 9 às 17 horas com 40% dos profissionais e atividades religiosas estão liberadas entre 6 e 22 horas.


Estabelecimentos considerados essenciais, como farmácias, drogarias, comércio de equipamentos médicos, serviços assistenciais de saúde e óticas; supermercados, padarias, mercados, açougues e peixarias, centros de abastecimento de alimentos, assistência veterinária, postos de combustíveis, chaveiros, locação de veículos e serviços funerários, deverão funcionar com 40% da capacidade em horário normal.


Barbearias e salões de beleza poderão funcionar entre 12 e 20 horas. Shoppings também poderão abrir no mesmo horário, mas é proibida a entrada de crianças menores de três anos.


Lojas de conveniências em postos de combustíveis e bancas de jornais terão o expediente liberado entre 8 e 17 horas, sendo proibido o consumo de bebidas alcoólicas no local. Já bares, restaurantes e estabelecimentos congêneres podem funcionar para consumo no estabelecimento e retirada de alimentos entre 11 e 21 horas, sendo proibida a permanência de clientes após este horário. Fica permitido o serviço de entrega de refeições e lanches, por meio de aplicativos de entrega ou delivery, entre 6 e 23 horas.

Eventos em salões e casas de festas, inclusive infantis, e espaços de recreação infantil, parques de diversões itinerantes, clubes sociais, parques temáticos e de qualquer atividade com presença de público, que envolva aglomeração de pessoas, tais como eventos desportivos, shows, casas noturnas, boates, parques externos e internos, salas de jogos, cinemas, espaços de entretenimento externos e internos, inclusive eventos culturais, de entretenimento e de lazer, feiras de negócios e exposições e eventos corporativos estão proibidos.


Itaboraí


A Prefeitura Municipal de Itaboraí renovou, nesta quinta-feira (25), as medidas restritivas que já vigoravam anteriormente e passam a valer até o dia 4 de abril. Com isso, só podem funcionar as atividades consideradas essenciais como farmácia, drogaria e comércio varejista de gêneros alimentícios com apenas 30% da capacidade. Fica proibida a permanência de indivíduos nas áreas e praças públicas da cidade entre 23 e 5 horas.


O decreto também determina que bares, restaurantes e lanchonetes tenham os seus serviços suspensos para atendimento presencial nas lojas, sendo permitido o funcionamento somente nas modalidades delivery, drive-thru e take away.


O funcionamento de casas de shows, boates e eventos com a participação de público ficam suspensos. Ficam também proibidas as atividades turísticas e esportivas coletivas. A rede hoteleira e de hospedagem de Itaboraí fica autorizada a funcionar, com os respectivos serviços de alimentação restritos aos hóspedes.


A prática esportiva individual ao ar livre está permitida. Já as academias, estúdios e estabelecimentos congêneres de atividade física estão limitados a funcionar com 20% da capacidade e, sendo ainda, vedada a utilização de equipamentos coletivos de difícil higienização.


Atividades religiosas ficam limitadas a 20% da capacidade instalada no local. Já as atividades industriais ficam suspensas. E os atendimentos presenciais proibidos nas redes bancárias e casas lotéricas


Os shopping centers, incluindo cinemas e teatros, centros comerciais, galerias, comércio ambulante, salões de beleza e congêneres estão com as atividades interrompidas. Os comércios de materiais de construção, de água, de gás, lavanderia e peças automotivas estão autorizados a funcionar das 7 às 17 horas, mas apenas na modalidade delivery, drive-thru e take away.


Tanguá e Rio Bonito criam barreira sanitária conjunta


Com o intuito de impedir a entrada de turistas, as prefeituras de Tanguá e Rio Bonita criaram uma ação conjunta e vão bloquear, neste sábado (27), os acessos à Cachoeira de Tomascar, ponto turístico de grande movimentação e que está localizado na divisa dos dois municípios.


A prefeitura de Tanguá irá instalar placas de sinalização em diversos pontos informando a interdição da cachoeira, além de destacar equipes da Guarda Municipal, em parceria com outras secretarias municipais, para realizar a fiscalização dos acessos.


Como medida de prevenção, a prefeitura de Rio Bonito também atuará na fiscalização de bares e restaurantes da região, cujos acessos ao local através do município estarão bloqueados até o fim do prazo determinado no decreto.