Cinco bairros de Niterói concentram 60% de todos os tiroteios de 2021

Cidade registrou 186 ocorrências com disparos de arma de fogo entre janeiro e agosto deste ano, mostra site Fogo Cruzado

Operação da Polícia Civil em Niterói. Foto: Divulgação


Fonseca, Cubango, Ingá, Engenhoca, Santa Rosa. São estes os cinco bairros que concentram o maior número de tiroteios em Niterói entre 1 de janeiro e 31 de agosto de 2021. As localidades somaram 110 dos 186 registros de disparos na cidade, quase 60% de todas as ocorrências do tipo. Os dados são da plataforma Fogo Cruzado.


Leia mais: Agosto foi o mês com mais vítimas de arma de fogo em Niterói no ano


A listagem mostra o Fonseca no topo absoluto do ranking, com a triste marca de 43 tiroteios no ano. Na sequência, aparece o Cubango, com 19 ocorrências, Ingá e Engenhoca, com 18 cada, e Santa Rosa, com 12.


Veja a lista dos dez bairros mais violentos de Niterói:

  1. Fonseca: 43

  2. Cubango: 19

  3. Ingá: 18

  4. Engenhoca: 18

  5. Santa Rosa: 12

  6. Piratininga: 8

  7. Barreto: 8

  8. Caramujo: 7

  9. São Lourenço: 6

  10. Badu: 6


Os dados da Fogo Cruzado mostram, ainda, que a violência no Fonseca extrapola o período sangrento de maio, quando os moradores foram aterrorizados por uma disputa do tráfico pelo Morro do Santo Cristo. O bairro teve mais ocorrências com disparo de arma de fogo (43) do que o segundo e o terceiro colocados na lista do site juntos. O Fonseca, aliás, também aparece à frente das demais localidades da cidade nas listagens de mortos (19) e feridos (6) em 2021.


São números altos se comparados a todas as ocorrências de Niterói. A cidade registrou ao longo do ano, 186 tiroteios, 94 deles com preseça de agentes de segurança. Nessas ocorrências, 58 pessoas morreram, sendo uma delas um policial. Outros 54 ficaram feridos, seis eram policiais.