Cinemas reabrem com muitos protocolos e pouco público

Reserva diz que medidas de proteção são mais seguras que ir à farmácia


A volta dos cinemas, depois de sete meses fechados pela pandemia


Foi um começo tímido, depois de sete meses de salas fechadas. Mas os cinemas abriram nesta quinta-feira, 29, mesmo com pouco público, para mostrar a importância dos filmes na vida das pessoas. O público mis apaixonado não perdeu a estreia, apesar do estranhamento, com os funcionários com máscara, poltronas interditadas e álcool em gel para todo lado.


- Saudade. Dizia a sócia do Reserva Laure Bacqué. “Foram meses bem difíceis e longos. Por outro lado, pudemos estudar, analisar exemplos do mundo inteiro e preparar da melhor forma essa retomada com segurança máxima de todos." Outro sócio, Jean Bernardini, disse que com todas as medidas adotadas é mais seguro ir ao cinema que entrar numa farmácia, ou tantas outras atividades. Segundo ele, não houve até agora nenhum registro no mundo de Covid nas salas de cinema.


Entre as medidas que devem ser implantadas pelos cinemas estão a adequação das instalações – áreas de atendimento, foyer, salas de exibição, corredores e banheiros – para uso do público, além de monitoramento dos funcionários em relação a saúde e contato com possíveis suspeitos da Covid-19. O uso da máscara é obrigatório para os funcionários e público. Além disso, o estabelecimento deve disponibilizar álcool em gel em locais visíveis e acessíveis. Para garantia do protocolo de distanciamento e a devida organização do espaço, funcionários devem organizar as filas de entrada e bilheterias.


As bombonieres têm protocolos semelhantes. O consumo será permitido apenas quando o cliente estiver em seu local marcado dentro da sala de cinema. Após o término de cada sessão, o estabelecimento precisa fazer a higienização e sanitização das poltronas, corrimãos, puxadores de portas ou qualquer outra superfície de contato. Também há protocolos para limpeza dos banheiros a cada uso. É de responsabilidade do estabelecimento, assegurar a utilização de EPIs para equipe de limpeza, máscara facial, escudo facial ou face shield, luvas descartáveis e avental impermeável e aumentar o intervalo entre sessões para garantir a higienização adequada das salas.



728x90.gif

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.