Abel tem adesão de 80% dos alunos da Pré-Escola às aulas presenciais

Segundo coordenadora, os números demonstram a confiança das famílias e a importância da escola na vida das crianças


Por Livia Figueiredo

Colégio La Salle Abel tem retorno expressivo / Foto: Divulgação


O retorno das aulas presenciais da rede particular de Niterói nesta segunda-feira (5) foi acima do esperado. É o que relata a coordenação do segmento de Educação Infantil do Colégio La Salle Abel, localizado em Icaraí, na Zona Sul da cidade: “A adesão demonstra a confiança das famílias na condução da escola e a legitimidade desse espaço na vida das crianças”.


Os números falam por si. O percentual de presença dos alunos da Educação Infantil nesta semana no Abel ficou em torno de 80% para os alunos de Pré - Escola I e II e 50% para os segmentos de Creche. Após o decreto municipal, a rede particular de Educação Infantil de Niterói está autorizada a funcionar desde segunda, 5 de abril.


A alta adesão dos alunos da rede particular não se restringe apenas ao Colégio La Salle Abel. Conforme publicado nesta terça (6), no A Seguir: Niterói, a média de adesão do Instituto GayLussac ficou em torno de 70%. As turmas que retornaram esta semana foram da Educação Infantil do Grupo 1 ao Grupo 5. De acordo com a direção da escola, a maioria que optou pelo ensino presencial compareceu.

Colégio La Salle Abel retorna com aulas presenciais / Foto: Divulgação


Leia também: Escolas da rede particular de Niterói retornam com aulas presenciais


Em nota, a assessoria do colégio La Salle Abel informa que a escola continua mantendo o compromisso de cuidar de toda a sua comunidade educativa seguindo rigorosamente os protocolos de segurança, as determinações indicadas pelos órgãos de saúde e as deliberações da Prefeitura de Niterói.


Retorno das aulas presenciais vira ação na Justiça


Vale lembrar que o retorno das aulas presenciais virou ação na justiça na madrugada do último domingo (4). Parlamentares do PSOL entraram na Justiça com uma ação contra a volta às aulas presenciais em Niterói, no entanto, até a conclusão desta reportagem a Justiça não decidiu.


Segundo o vereador Professor Túlio, as recomendações científicas afirmam que o isolamento social é a medida mais eficaz para salvar vidas no atual cenário. Considerando os recordes diários de aumento de óbitos e da média móvel, o colapso do sistema de saúde das redes pública e privada e o potencial colapso do sistema funerário, não possibilitam o retorno às aulas presenciais.


Saiba mais: Parlamentares do PSOL vão à Justiça contra volta às aulas presenciais em Niterói