Covid-19: Ocupação de leitos SUS aumenta 14% em uma semana em Niterói

Nas UTIs, crescimento foi de apenas 3%; rede privada também tem quadro de estabilidade, informa boletim

Hospitais públicos tiveram aumento nas internações. Foto: Divulgação


O aumento do número de novos casos de Covid em Niterói já se reflete nas internações por sintomas leves a moderados. Em uma semana, a rede pública teve aumento de 14% no número de pacientes nas enfermarias. No dia 23 de agosto, 26% das vagas estavam ocupadas, e na última segunda, essa taxa era de 40%. Já nas UTIs, a ocupação foi de 39% para 42%, o que configura estabilidade.


Na rede privada, a ocupação dos leitos clínicos caiu de 26% para 20%, e a dos leitos de UTI passaram de 37% para 38% em uma semana, segundo dados do Sindhleste, entidade que representa os hospitais particulares. Os dados também estão dentro de um cenário de estabilidade.


O crescimento na taxa de ocupação dos leitos de enfermaria SUS é compatível com a situação epidemiológica de Niterói, que viu, na última semana, um aumento substancial no número de novos casos confirmados de Covid. A cidade registrou 614 novos casos, terceira pior marca no ano, que revela intensa circulação do coronavírus na cidade. Os casos, no entanto, não chegam a se agravar e pressionar todo o sistema graças à vacinação, como avaliam especialistas.