Covid: ocupação de UTIs cresce 12% na rede SUS de Niterói em dez dias

Atualizado: Ago 11

Na rede privada, ocupação da terapia intensiva oscila; já os leitos clínicos seguem em tendência de queda

Ocupação de UTIs subiu em Niterói. Foto: Reprodução/Prefeitura de Niterói


Dados do painel de acompanhamento da Covid em Niterói mostram um salto na ocupação de UTIs reservadas para pacientes Covid na rede SUS. De acordo com dados da Prefeitura disponibilizados no SIGeo, os hospitais públicos apresentaram 30% dos leitos ocupados em 29 de julho, mas em 8 de agosto essa taxa chegou a 41%.


Leia mais: Perfil de internados com Covid em Niterói muda; Delta pode ser uma das causas


Ainda segundo a Prefeitura de Niterói, os leitos clínicos tiveram redução na ocupação ao longo dos mesmos dez dias, passando de 23% para 17%. Na rede privada, essa taxa se manteve quase inalterada, passando de 18% para 19%.


Também nos particulares, a ocupação dos leitos de terapia intensiva tem se mostrado instável nos últimos dias. A taxa estava em 30% em 29 de julho e chegou a 25% em 8 de agosto. Mas, de acordo com o boletim do Sindhleste, entidade que representa unidades privadas, essa taxa chegou a 32% na última segunda-feira.