Crime ao lado da subida da Ponte mostra rotina de violência na região

Casal foi atacado a tiros na entrada de motel na Jansen de Melo, próximo ao batalhão da PM; empresário morreu e acompanhante está no hospital

Hotel Sparta fica na entrada do bairro São Lourenço. Reprodução


Um casal foi atacado a tiros na madrugada desta quinta-feira (13) na entrada de um motel na Jansen de Melo, pouco antes da subida da Ponte Rio-Niterói, em São Lourenço, região central de Niterói. O local fica muito próximo do 12 Batalhão da Polícia Militar. O crime mostra a rotina de violência na região, por onde passam milhares de niteroienses diariamente rumo à Ponte e a cidades vizinhas, que tem assustado moradores e já provocou o fechamento de uma escola.


O homem que estava ao volante do Jeep Renegate foi baleado e morreu no local. A mulher no banco do carona, de 33 anos, foi atingida por três tiros e levada para o Hospital Azevedo Lima, no Fonseca. Ainda não há informações sobre o estado dela.


Segundo a PM, o crime ocorreu por volta das 5h desta quinta-feira, quando o casal entrava no motel. Um homem encapuzado desceu de outro carro e fez vários disparos do lado do motorista. Segundo policiais, o atirador estaria perseguindo o carro do casal.


O motorista assassinado é Vitor Lacerda Castro Freire, de 31 anos, empresário do ramo de criptomoedas, segundo informações do 12 BPM. O crime é investigado pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSG).