Disputando primeiro torneio em 2021, tenista niteroiense é campeã de etapa do estadual

Moradora de Pendotiba, Isabela Mercante conquistou o primeiro troféu da carreira como profissional

Por Gabriel Gontijo

Isabela Mercante recebe premiação após o título conquistado. Foto: Divulgação


Tenista nascida e criada em Niterói, Isabela Mercante conquistou o primeiro título como profissional ao vencer a Terceira Etapa do Circuito Profissional 2021. Na final disputada na Academia de Tênis Recreio, na Zona Oeste, nesta terça-feira (17), a atleta derrotou a carioca Milena Canellas por um duplo 6/4.


Profissional desde outubro do ano passado, quando completou 18 anos, a moradora de Pendotiba levantou o primeiro troféu como profissional logo na estreia da temporada de 2021. E ainda em 2020 já chamava a atenção pelos bons resultados assim que ascendeu de categoria.


Na última competição disputada como juvenil, em setembro de 2020, ela foi vice-campeão do Torneio Roland Garros Junior Wild Card Series, ocorrida em Brasília. A disputa era classificatória para o tradicional torneio francês homônimo. E na primeira competição como profissional, ela chegou duas vezes tanto nas quartas como nas semi-finais nas quatro etapas que competiu do Circuito BRB de Tênis Profissional, disputado em novembro também na capital federal.


Ela foi descoberta pelo técnico Ricardo Barney, professor de tênis da Academia Total Tennis, também localizada em Pendotiba. Treinando desde os oito anos de idade, ela chamou a atenção pelo talento nato. Sabendo do potencial dela, o treinador conseguiu uma bolsa para Isabela na época, pois a então iniciante não tinha condições financeiras para pagar pelas aulas. E o investimento deu certo, pois em 2010 ela foi campeã brasileira de tênis na categoria infantil. E depois não parou mais.


De acordo com o site Tênis Integrado, responsável por armazenar dados de todos os tenistas brasileiros, desde 2013 a tenista chama a atenção pela regularidade na carreira. Em 200 jogos ao todo, ela teve 157 vitórias, o que dá um aproveitamento de 78,50%. Já como profissional são nove vitórias em 13 partidas no total, o que dá um percentual de 69,23% de aproveitamento, sendo que ela venceu todas as três partidas que jogou em 2021.


Outros niteroienses no torneio


Além de Isabela, Niterói teve outros representantes na competição. Jogando no masculino, Bernardo Peralta e Joaquim Fernandes fizeram um duelo niteroiense na primeira fase, com Fernandes levando a melhor por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 7/6.


Nas oitavas, o tenista perdeu para o carioca Vítor Alves por 2 a 0, parciais de 6/1 e 6/3. Tanto Fernandes quanto Peralta treinavam em Niterói até o fim do ano passado, mas a partir de 2021 ambos passaram a concentrar os treinamentos na cidade do Rio.