Donos de animais reclamam que não conseguem marcar castração gratuita

Marcação passou a ser pelo telefone durante a pandemia, e causou o congestionamento das linhas, segundo responsáveis


Por Amanda Ares

Usuários de rede social reclamam em página da Prefeitura. Reprodução


Na página da Prefeitura de Niterói não se falou em outra coisa nos últimos dois dias: moradores têm relatado dificuldade em marcar castração de seus bichinhos de estimação. Conforme divulgado nas páginas oficiais, na última quinta-feira (28), o Centro de Controle Populacional de Animais Domésticos (CCPAD) começou a marcar os procedimentos às 9h. No entanto, durante todo o dia, o que se viu foram comentários insatisfeitos de pessoas que tentaram mas não conseguiam falar com o CCPAD.


“Estou ligando desde as 9h,então já são 11:hs e nada”, reclamou Elena Santos. “Tô quase desistindo, só dá ocupado”, disse Jason Lima.


A reportagem entrou em contato com o Centro de Controle, e um funcionário informou que os atendimentos começaram no horário previsto, mas por um excesso de demanda, as três linhas ficaram congestionadas, e o serviço telefônico foi derrubado pela operadora de telefonia algumas vezes ao longo do dia.


A procura foi tanta, que eles abriram mais 50 vagas, e mesmo assim às 15h30 todas as 450 haviam sido preenchidas.


— Ligaram de outros lugares: São Gonçalo, Magé, Rio de Janeiro, Maricá — relatou o funcionário, que não quis se identificar. — Antes da Pandemia, o atendimento era exclusivo presencial. As pessoas precisam vir aqui para marcar.


Procurada, a Assessoria de Comunicação da prefeitura de Niterói informou que uma atualização foi feita na publicação de divulgação, e foi informado que as vagas estavam encerradas. O CCPAD informou que quem ficou de fora, deve esperar até março, quando a agenda abre novamente.


Atualização da informação foi feita após a recorrente reclamação. Reprodução