Drive-thru de vacinação no Gragoatá estreia com alta procura e pouca fila

Posto de imunização foi montado no campus da UFF, ao lado da Cantareira


Drive-thru do Gragoatá. Divulgação/Prefeitura de Niterói


O primeiro dia de vacinação no drive-thru montado no Campus Gragoatá da UFF foi marcado por grande procura no começo da manhã. Em 1h40, foram aplicadas 180 doses, mas logo o ritmo se estabilizou, e a imunização transcorreu sem problemas. De acordo com a Prefeitura, nesse modelo as equipes conseguem atender oito veículos de uma só vez, reduzindo o tempo de espera.


Veja também: O que abre e o que fecha em Niterói no feriadão de carnaval


Além do drive-thru do Gragoatá, a Prefeitura aumentou o número de policlínicas abertas para vacinação. Agora os idosos com mais de 88 anos (público-alvo neste momento) podem se dirigir a seis postos de saúde.


Os horários para a vacinação são de 8h às 20h para o Drive-Thru, e 8h às 16h nas Policlínicas. Confira os endereços:

  • Drive thru: Universidade Federal Fluminense - Campus Gragoatá - Rua Alexandre Moura, 8 - São Domingos.

  • Policlínica Sérgio Arouca - Rua Vital Brasil Filho, s/nº - Vital Brazil.

  • Policlínica do Barreto - Rua Presidente Craveiro Lopes, 726 – Barreto.

  • Policlínica de Itaipu - Avenida Irene Lopes Sodré – Itaipu.

  • Policlínica de São Lourenço - Avenida Jansen de Melo, s/nº - São Lourenço.

  • Policlínica do Fonseca - R. Desembargador Lima Castro, 238 - Fonseca

  • Policlínica de Piratininga – Rua Dr. Marcolino Gomes Candau, 111 – Piratininga.


Estoques estavam zerados

A retomada da imunização só foi possível graças à chegada de uma nova remessa de vacinas, distribuídas pelo Ministério da Saúde no último fim de semana. O Rio de Janeiro teve direito a 282.200 doses da Coronavac, que foram divididas entre os 92 municípios. Niterói ficou com uma cota de 5.670 vacinas para aplicação de primeira dose — as de reforço já estão reservadas e chegam nas próximas semanas.

O carregamento de Coronavac chega num momento em que os estoques de imuzante de Niterói zeraram. Desde a manhã de segunda-feira, a vacinação está suspensa na cidade. As poucas centenas de doses de que o município dispunha para imunizar pessoas acima de 88 anos acabaram em menos de duas horas, e muitos idosos perderam a viagem aos postos de saúde.