Enfermeira de 35 anos é a primeira a ser vacinada contra Covid em Niterói

Aplicação foi feita no Hospital Oceânico, referência para Covid e onde a profissional trabalha; Prefeito fala em sensação de esperança


A enfermeira Bruna Lemos recebe a primeira dose da Coronavac. Foto Divulgação


A enfermeira Bruna Lemos, de 35 anos, foi a primeira profissional de Saúde de Niterói a tomar a vacina contra a Covid-19 na cidade, nesta terça-feira (19), às 11h45m. Embora a vacinação estivesse prevista para começar na segunda na cidade, as doses que vieram do Butantan, em São Paulo, só chegaram no fim da noite a Niterói.


Leia também: vacina reservada para Niterói só cobre metade dos profissionais de saúde


Bruna trabalha na linha de frente do Hospital Municipal Oceânico de Niterói, unidade exclusiva para o tratamento de pacientes com Covid-19. Ela é enfermeira de rotina, a profissional que acompanha o dia a dia dos pacientes, da entrada até a alta.




O Prefeito Axel Grael acompanhou a vacinação e destacou o fato de Niterói ter participado do estudo de fase 3 da vacina do Butantan, desenvolvida em parceria com a chinesa Sinovac.


- Niterói foi parceiro e todo o país se beneficia hoje desse resultado, que é um trabalho de pesquisa, da ciência. A sensação é de esperança e ânimo, disse o Prefeito.


Bruna fala da emoção de receber a vacina


Segundo a Prefeitura, Bruna integra a equipe do Oceânico desde abril, acompanhou a entrada do primeiro paciente e muitas das mais de mil altas que já aconteceram no hospital.


- Esse é o momento mais emocionante do trabalho no Hospital Oceânico: ajudar nossos pacientes a vencerem a Covid-19. Essa vacina nos traz a esperança de voltarmos a viver normalmente e abraçamos as pessoas que amamos - diz ela, que trabalha há 11 anos na Saúde, em especial em unidades de terapia intensiva, tem um filho de 2 anos e mora em Várzea das Moças.


- A vacina é a forma mais eficiente de prevenção à Covid-19. Tenho muita esperança que, com a vacinação, essa crise na saúde seja superada e vidas sejam salvas. Acho muito importante todos se vacinarem. Minha família também está mais aliviada em saber que estarei protegida - disse Bruna.


O início da vacinação estava anunciado pela Prefeitura para as 10h30m desta terça-feira, mas sofreu um pouco de atraso.