Estado de saúde de Paulo Gustavo é considerado crítico

De acordo com último boletim divulgado neste domingo (11) pela assessoria, humorista teve "complicações hemorrágicas"


Por Gabriel Gontijo

Foto: Divulgação/Multishow


O estado de saúde do ator niteroiense Paulo Gustavo é considerado crítico, de acordo com boletim divulgado neste domingo (11) pela assessoria de imprensa do artista. Internado no Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, desde 13 de março por causa da Covid, o humorista teve uma piora no quadro clínico.


Segundo o boletim, "as diversas complicações pulmonares já demandaram procedimentos invasivos como broncoscopias, pleuroscopias e colocação de dispositivos intrapulmonares". Além disso, a assessoria também falou que "às fístulas bronco-pleurais identificadas e tratadas somaram-se a complicações hemorrágicas".


- A situação clínica do paciente é crítica e todos os profissionais têm se empenhado incessantemente pela sua recuperação. Todos os equipamentos necessários para o suporte da vida, como a ventilação mecânica e a ECMO (equipamento conhecido como pulmão artificial) continuam sendo necessários - informou a assessoria em outro trecho do boletim.


Marido do artista, o dermatologista Thales Bretas admitiu a gravidade da situação e fez uma postagem no Instagram relembrando a visita que ambos fizeram ao Santuário de Fátima, em Portugal, para pedir força pelos "dias difíceis".


- O quadro clínico do meu amor, Paulo Gustavo, está difícil, mas para ele nada é impossível, e nem pra Ele, nosso Deus, e essa dupla poderosa vai trazer ele de volta pra casa - escreveu o dermatologista.

De acordo com a assessoria, o ator está desde 1º de abril no ECMO. Desde então, ele passou por alguns procedimentos cirúrgicos, como pleuroscopia, para evitar que o ator tivesse mais problemas respiratórios. Por causa do estado de saúde, Paulo Gustavo precisou receber doações de sangue desde terça-feira (6).