Fotógrafo lança livro com fotos inéditas sobre pontos culturais de Niterói

Atualizado: Fev 27

Autor da obra 'Niterói em Fatos e Fotos', Antonio Schumacher começou a planejar o livro com imagens em cliques pessoais


Por Gabriel Gontijo

Coreto do Campo de São Bento integra seleção de imagens do livro "Niterói em Fatos e Fotos". Foto: Antonio Schumacher


Uma seleção de fotos iniciada há cinco anos se transformou em uma obra que retrata Niterói com um olhar diferenciado. Esse é o objetivo do livro "Niterói em Fatos e Fotos", do fotógrafo Antonio Schumacher, que registra 50 dos principais pontos histórico-culturais da cidade.


Apresentando textos em português e inglês e fotos em ângulos originais, inclusive aéreos, de monumentos arquitetônicos entre os mais antigos do país, o livro conta com imagens feitas para a obra, mas também tem registros do acervo pessoal do autor. De acordo com Schumacher, a iniciativa surgiu através de uma percepção: a da falta de cliques do interior de prédios históricos niteroienses.


- A ideia surgiu há cinco anos, pois sou fotógrafo de arquitetura e design e percebi que muitos pontos histórico e culturais de Niterói só tinham fotos das fachadas. E eu queria mostrar também as áreas internas, com ângulos que costumo fazer na arquitetura - conta o autor.


No livro há fotos de prédios centenários, museus, fortes militares, igrejas, hortos e parques ecológicos, equipamentos culturais e praias. Também estão entre os locais selecionados a Pedra do Índio, na Praia de Icaraí, o Theatro Municipal João Caetano e a Ponte Rio-Niterói. E há registros de lugares pouco divulgados na cidade, como a Igreja de Nossa Senhora da Várzea, no Fonseca, na Zona Norte de Niterói.


Interior da Igreja de Nossa Senhora da Várzea, no Fonseca. Foto: Antonio Schumacher


O fotógrafo admite que ele próprio passou a valorizar mais a história da igreja depois que fez uma série de imagens do interior do local.


- Fiquei surpreso com vários lugares e equipamentos culturais da cidade, mas acredito que a sessão que mais me surpreendeu foi a da Igreja de Nossa Senhora da Várzea no Fonseca, pois quando a olhamos por fora, não temos como imaginar o quanto ela é linda e rica em detalhes. Inclusive, deixaria essa dica para que as pessoas fossem conhecer essa linda igreja - conta Schumacher.


Autorização para fotografar a ponte e dificuldade na Fortaleza de Santa Cruz


Bacharel em Direito pela Universidade Salgado de Oliveira (Universo), o autor de "Niterói em Fatos e Fotos" trabalha há dez anos em fotos de arquitetura e paisagens. E o livro começou a ganhar corpo quando ele e a irmã, Franciane Barbosa, conseguiram o apoio do Complexo Hospitalar de Niterói (CHN) através de Lei de Incentivo à Cultura do município. Antônio e a irmão são os donos da DB Editora, responsável pela obra.


Mas engana-se quem pensa que a principal dificuldade para fazer o livro foi a questão financeira. Schumacher revela que passou alguns apertos para fotografar dois registros que se encontram na obra: a Ponte Rio-Niterói e a Fortaleza de Santa Cruz, em Jurujuba.


Registro do pôr do sol na Ponte Rio-Niterói. Foto: Antonio Schumacher


- A fotografia para mim é algo extremamente prazerosa em fazer, embora algumas fotos tenham tido um nível de dificuldade maior. Eu cito dois exemplos. O primeiro foi a foto na Ponte Rio-Niterói, que eu tive que ter uma autorização especial para fazer durante a hora de mais movimento, sendo que precisei ir com a equipe da concessionária. O segundo foi ainda mais complicado, durante a sessão da Fortaleza de Santa Cruz. Uma pedra se deslocou, destruindo a estrada que leva ao local, impossibilitando a passagem de carros. Graças a Deus não foi na hora que passamos, mas além de ter que sair a pé sobre as pedras e com todo o auxílio dos militares, o meu carro ficou "preso" lá por quase 40 dias - conta.


Fortaleza de Santa Cruz. Foto: Antonio Schumacher


"Niterói em Fatos e Fotos" teve distribuição gratuita em escolas, faculdades, bibliotecas, instituições filantrópicas e aparelhos culturais, além da Neltur e da FAN. Mas uma tiragem extra encontra-se reservada para a venda. Quem quiser saber mais detalhes basta acessar o site dbeditora.com ou ou ligar para (21) 97922-0004.


© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.