Internações continuam a aumentar em Niterói

Número de casos e mortes permanece estável, mas internações voltam a atingir a maior taxa do ano; UTIs do SUS tem 72% de ocupação


O número de novos casos de Covid permanece estável. Foram registrados 303 na ultima semana, a semana epidemiológica 10. O menor número desde a escalada da doença, em maio. No entanto, o número de internações tem aumentado nas últimas semanas. No registro da Prefeitura, no boletim deste sábado (20), apareciam 260 internações. A maior taxa de toda a série, só igualada uma vez. Como explicar que os casos caem e as internações aumentam, em Niterói?


Epidemiologista consideram algumas hipóteses, que ainda precisam ser investigadas. Uma delas, é uma falha nos registros de casos, pela redução da testagem ou defasagem de notificação. Outra, remete às características das novas variantes do coronavírus. O ciclo da doença hoje é mais rápido e já nos primeiros sintomas a gravidade doença estaria levando as pessoas direto aos hospitais, sem tempo de fazer testes.


De acordo com o boletim, a cidade tinha 260 internados. Há apenas sete dias, o número era de 239. Uma semana antes, 201. Na sexta-feira, consultada pelo A Seguir: Niterói, a Prefeitura informou que a ocupação das UTIs do SUS chega a 72%.


O outro indicador que aparece nos boletins epidemiológicos é o número de mortes. Na última semana foram 19. O número vinha caindo desde fevereiro. A segunda onda da doença começou em novembro, chegou a registrar 38 mortes em sete dias e desde o final de fevereiro vinha caindo. Foram 28 óbitos na SE 7, 21 na SE 8 e 15 na SE 9. Agora, o número voltou a subir: 19 na SE 10.