Médico professor da UFF é mais uma vítima da Covid em Niterói

Otílio Machado Pereira Bastos foi diretor do Instituto Biomédico da UFF


Otílio, conhecido por Otilinho por causa do tio, também Otílio. Foto reprodução da internet


O médico e professor da UFF Otílio Machado Pereira Bastos, que foi diretor do Instituto Biomédico da universidade e era muito querido em Niterói, faleceu nesta sexta-feira em consequência de complicações decorrentes da Covid-19. O número de óbitos pela Covid vem batendo recordes no Brasil nas últimas semanas, no pior momento da pandemia desde março do ano passado.


O reitor da UFF, Antonio Claudio Nóbrega, se manifestou nas redes sociais. "É com muita tristeza que deixo minha homenagem ao nosso querido Otilinho. Que nos deixa, mas fica seu legado de carinho com os demais e dedicação ao Instituto Biomédico. Toda solidariedade aos familiares aos amigos e amigas", escreveu o reitor.