Marido de Paulo Gustavo relata melhora do ator, mas pede doações de sangue

Thales Bretas, que é médico, explicou que perda de sangue é comum entre pacientes que estão ligados a equipamentos como pulmão artificial

Por Gabriel Gontijo

Foto: Reprodução/Instagram


Internado desde o dia 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio, o ator niteroiense Paulo Gustavo precisou se submeter a uma transfusão de sangue. O marido do artista, o dermatologista Thales Bretas, não informou quando o procedimento ocorreu, mas disse nesta terça (7), no Instagram, que ele foi necessário pelo fato do ECMO (pulmão artificial) obrigar o ator a permanecer anticoagulado.


Leia mais: Paulo Gustavo tem 'sinais de evolução clínica', segundo boletim médico


Por esse motivo, Bretas aproveitou para fazer um pedido de doação de sangue em favor de Paulo Gustavo na publicação.


- Sabemos que, por causa da Ecmo (circulação extracorporea em membrana, que é o pulmão artificial) ele tem que ficar anticoagulado, perde um pouco de sangue, e por isso precisou tomar algumas bolsas de sangue. Assim como ele, certamente milhares de pessoas estão precisando de sangue nos hospitais, e a pandemia tem dificultado as doações, pelo medo de sair e se expor - explicou o dermatologista.


Para quem quiser doar é necessário informar que o procedimento é em favor de Paulo Gustavo Amaral, nome completo do artista. A doação deve ser feita no GSH Banco de Sangue Serum, que fica Avenida Marechal Floriano, 99, no Centro do Rio. O horário de atendimento é de 7 às 18 horas, incluindo sábados, domingos e feriados. Mais informações podem ser obtidas através dos seguintes telefones: (21) 3233-5950 ou (21) 99829-7417.