Ministério da Saúde determina, e Niterói deixa de receber vacinas da Pfizer

Secretaria Estadual de Saúde informou que todas as doses da primeira remessa vão ficar na cidade do Rio

Vacina da Pfizer chegou ao Rio em 3 de maio. Divulgação/SES


Niterói não vai mais receber as 1.400 doses da vacina da Pfizer que estavam previstas para chegar à cidade. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, por orientação passada em última hora pelo Ministério da Saúde, todas as 46.800 doses entregues ao estado serão enviadas para utilização no município do Rio de Janeiro.


A expectativa era de que o imunizante produzido nos Estados Unidos pudesse ser aplicado na população de Niterói, que conta com o apoio da Universidade Federal Fluminense (UFF) para a refrigeração necessária ao produto. A SES não informou qual foi a justificativa do Governo Federal para a mudança no planejamento. A pasta informou apenas que a decisão do Ministério da Saúde foi comunicada na noite de segunda-feira, quando a vacina foi entregue ao estado.


A vacina da Pfizer-Biontech é produzida nos Estados Unidos, e necessita de refrigeração especial para manter a integridade do conteúdo. Neste primeiro momento da distribuição, o Ministério da Saúde priorizou as capitais, por abrigarem institutos de pesquisa com equipamento frigorífico ideal.