Mortes em Niterói caem, mas aumento nas internações mantém cidade no Alerta Máximo

Atualizado: Set 22

Monitoramento da Covid-19 registra 380 novos casos da doença em uma semana e subida no número de pacientes hospitalizados


Aumento de casos e internações mantêm cidade em Alerta Amarelo - 2


O número de mortes por Covid em Niterói foi o mais baixo, desde a escalada da doença, a partir de maio: foram dez óbitos, segundo a planilha de monitoramento da Covid-19 publicada nesta segunda-feira no site da Prefeitura. O relatório tem data de 17 de setembro. Este resultado faz com que o item apareça no estágio Amarelo-1, o melhor antes da aplicação de uma vacina. Mas não é o bastante para a cidade mudar de fase: os hospitais registram um aumento no número de internações, e este repique da doença mantém a cidade no Alerta Amarelo-2.


Leia mais: Prefeitura de Niterói contraria Comitê Científico ao liberar volta às aulas


A planilha que serve de base para o monitoramento da evolução da doença e para a definição das medidas de isolamento considera uma série de dados, como o número de casos, de mortes, a ocupação dos hospitais e a letalidade da doença. São 12 itens, cada um apresenta uma pontuação. No momento, Niterói soma 6,3 pontos, um índice que se situa no estágio Amarelo-2. Para passar ao estágio Amarelo-1, este número tem que ficar abaixo de 5.


O número de casos e mortes tem o maior peso na avaliação do controle da doença. Na última semana, o registro de 380 novos casos gerou 3,75 pontos. O número de mortes, que se mantinha há várias semanas no Amarelo 2, porém, caiu de 18 para 10 e deixou de pontuar na planilha. No entanto, desde o início do mês, os hospitais vêm registrando um sensível aumento no número de internações, motivo de preocupação, porque revelam um aumento da velocidade no contágio da doença. O número de internados passou de 77 para 97 e o número de pacientes em UTIs de 113 para 120. Foi a terceira semana seguida de aumento.


Foram estes dados, que revelam a circulação do vírus na cidade, que fizeram o Comitê Científico de assessoramento da Prefeitura, formado por cientistas da UFF, UFRJ e Fiocruz desaconselharem a retomada das aulas. O Prefeito Rodrigo Neves, no entanto, não seguiu a recomendação do Comitê e autorizou a volta do Ensino Médio a partir desta segunda-feira, 21. Um novo relatório só será divulgado na próxima segunda-feira.

728x90.gif

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.