Número de internações por Covid volta a aumentar em Niterói

Depois de quedas sucessivas na taxa de ocupação dos hospitais, número de hospitalizados cresce 30% na rede privada



A ocupação dos leitos e UTIs reservados para pacientes com Covid nos hospitais particulares de Niterói aumentou pela primeira vez este ano. De acordo com relatório do Sindicato dos Hospitais Particulares de Niterói, SINDHLESTE, a cidade tem nesta quarta-feira (24) 150 pessoas internadas. Na semana anterior, eram 116. Um aumento de 29%.


Depois do pico da segunda onda da Covid em novembro e dezembro, quando os hospitais da rede privada estiveram perto de sua capacidade máxima para atendimento em leitos e UTIs reservados para a doença, a taxa de ocupação caiu sensivelmente e chegou a seu menor índice em 18/2.


Naquela data, o relatório do SINDHLESTE apontava 76 pessoas internadas em leitos, 23% da reserva, e 74 em UTIs, 26% das vagas disponíveis. No total, 116 hospitalizados. No boletim desta quarta-feira, são 76 em quartos, 23% da reserva, e 74 em UTIs, 26%.


Os dados sobre a ocupação da Rede do SUS divulgados pela Prefeitura no último relatório de monitoramento da Covid, datado de 18/2, indicavam uma ocupação média de 17,6% dos leitos e 53,5% das UTIs. Seriam mais 71 pessoas internadas.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.