Nas estradas de acesso ao Rio e Niterói, movimento "como se não houvesse pandemia"

Ecoponte e A Seguir: Niterói fazem campanha por segurança ao volante e cuidados com a Covid



"Neste verão, não dê férias para a segurança." O aviso aparece nos painéis ao longo da travessia da Ponte Rio-Niterói e nos folhetos distribuídos na praça do pedágio: "Motorista, mantenha distância do carro da frente e do coronavírus." A campanha da Ecoponte e do A Seguir: Niterói é um alerta para um verão que começa como números semelhantes ao de quando não havia pandemia.


Neste fim de ano, a movimentação na Ponte Presidente Costa e Silva deve chegar a 2 milhões de viagens. Um número que repete o que se viu nas festas de 2019, quando nao havia pandemia. O trânsito começou antes do Natal e se intensifica , agora, na volta do Réveillon para o Rio: no sábado (02/01) e no domingo (3) são esperados cerca de 157 mil veículos em direção à capital fluminense.


A campanha da Ecoponte e do A Seguir:Niterói alerta para a necessidade de atenção com a segurança do veículo, cuidados na direçao, mas também até às normas de proteção contra o Coronavírus. O material da campanha orienta para a necessidade de planejar a viagem, buscando informações sobre a situação do local de destino e de forma a evitar paradas desnecessárias, entre outras recomendações.


- Estamos numa alta temporada atípica, com a pandemia da Covid-19 também em alta. Não podemos deixar de promover a segurança viária, nem as orientações de prevenção ao novo Coronavírus - explicou o gerente de Atendimento ao Usuário da Ecoponte, Sandro Mattos.