Niterói tem pontos de alagamento e continua em estágio de atenção até quinta-feira (24)

Primavera chega com mudança de tempo; vários bairros sofrem transtornos


Por Natalie Vitorino


Trecho de rua alagada no Jardim Icaraí. Foto: Reprodução da internet


Niterói amanheceu com ruas alagadas em diversos bairros nesta terça-feira (22), início da primavera. A chuva que começou na noite de segunda- feira (21) deixou a cidade com pontos de alagamentos, água subindo a calçada, árvores derrubadas e transtornos no trânsito. A Prefeitura decretou estágio de atenção na cidade devido a núcleos de chuva de intensidade moderada a forte. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), a chuva continuará até a próxima quinta-feira (24).


Ruas em Itaipu ficaram alagadas. Em Piratininga havia vias em que os moradores não conseguiam sair de casa. Em Charitas, na Prefeito Sylvio Picanço, um morador relatou que a avenida ficou alagada desde as 10h da manhã de terça. No Centro, também houve pontos de alagamentos na Marquês de Paraná e no bairro São Lourenço.


A Secretaria Municipal de Defesa Civil e Geotécnica informou que Niterói entrou em estado de atenção às 10h25m de terça, com previsão de chuva ao longo de todo o dia. Em 24 horas, choveu o equivalente a 233,7% do previsto para todo o mês, de acordo com a média climatológica de setembro. Os maiores acumulados em 24 horas foram registrados em Itaipu (149,2mm), Engenho do Mato (118,6mm), Jurujuba (112,6mm), Maravista (101,2 mm) e Preventório (96,0mm).


Ainda segundo a Defesa Civil, devido às chuvas intensas, havia registros de alagamentos em alguns pontos do Centro, de Icaraí, Largo da Batalha, Charitas, São Francisco e Barreto. Equipes da Defesa Civil foram acionadas para quatro ocorrências, nos bairros do Caramujo, Engenhoca, Engenho do Mato e Maceió. Houve registro de árvores caídas no Morro do Castro, Itaipu, Sapê, Boa Viagem, Itacoatiara e Centro.

A Secretaria recomendou que, em caso de chuva forte, as pessoas procurem um lugar seguro, plano e que fique a um nível elevado do solo. Não se deve atravessar áreas alagadas ou inundadas a pé, pois há risco de choque, queda em buracos ou bueiros abertos, além da possibilidade de se contrair doenças.


Equipes da Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (Seconser) e da Companhia de Limpeza de Niterói (Clin) estão nas ruas, atuando em pontos de alagamento no Centro, Barreto, Fonseca, Icaraí e Charitas para melhorar o escoamento da água. Agentes da Nittrans (Niterói Transporte e Trânsito) orientam o trânsito nos locais necessários, segundo a Secretaria.


Em caso de emergência, a Defesa Civil recomenda que a população ligue para os telefones 199 ou 2620-0199.



© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.