Niterói no escuro na pandemia. Prefeitura deixa de informar mortes ao estado

Depois de suspender os boletins de casos e mortes por Covid, município também deixou de repassar as informações para Secretaria Estadual de Saúde


UTI do Hospital Oceânico. Foto: Reprodução/ Prefeitura


No painel da Covid exibido na página da Secretaria Estadual de Saúde não há, nesta quinta-feira (10), nenhuma informação sobre o número de mortes notificadas em Niterói desde a última sexta-feira. É o único município do estado do Rio em que isto acontece. De acordo com a assessoria de comunicação do estado, a Secretaria de Saúde de Niterói suspendeu a entrega dos dados sem dar qualquer explicação. Consultada pelo A Seguir: Niterói, a Prefeitura afirmou que faz uma "revisão dos casos e óbitos" e vai normalizar a entrega dos dados até amanhã.


Desde o final de maio, a Prefeitura de Niterói tirou do ar os boletins epidemiológicos que divulgava diariamente com os números de casos, internações e óbitos e por Covid. As informações eram exibidas em cards desde o início da pandemia, e serviam de referência ao morador para acompanhar a evolução da doença. Os gráficos por data de notificação são a principal referência para medir a rapidez do avanço do coronavírus, de acordo com as práticas adotadas pela OMS e pelo consórcio de mídias que exibe a média móvel da doença no Jornal Nacional, todos os dias.


Sem informações sobre o avanço da pandemia


Para o morador da cidade, a única referência, nas últimas semanas, era o painel da Covid da Secretaria Estadual de Saúde, que fornece informações sobre casos, mortes e a taxa de ocupação nos hospitais do SUS, atualizados diariamente. De acordo com a assessoria de comunicação da SES, o último dado fornecido pela Prefeitura sobre mortes, data de sexta-feira (4), o que já deixou incompleta a contagem da Semana Epidemiológica 22, encerrada no sábado. Nela, registram-se 36 mortes, faltando a contagem do último dia. Na semana anterior, foram 60 mortes.


A contagem dos novos casos também parece comprometida. Na SE 21 foram 621 casos, Na SE 22, 921. No início desta semana, a média de casos saltou de 85 por dia para mais de 165. Nesta quarta-feira, porém, os registros sugerem subnotificação. Foram informados 60 casos, apenas.


Veja também: Número de casos de Covid dá um salto e aumenta 48% em Niterói em uma semana (aseguirniteroi.com.br)


A Prefeitura de Niterói não explicou a razão para suspender a publicação dos boletins diários, num momento que todo o estado vive a apreensão com relação ao risco de uma nova onda da doença e a informação é a melhor arma para orientar o morador em relação aos cuidados com relação à doença. O Comitê Científico de assessoramento da Prefeitura não voltou a ser acionado, desde adoção das medidas de restrição em março. A Comissão de Saúde da Câmara Municipal, no entanto, oficiou a Prefeitura para que apresente os dados sobre o estágio de evolução da Covid em Niterói, informação prevista nos acordos de transparência.

Os números exibidos no Mapa da Covid do Estado informam a ocorrência 37.966 casos confirmados da doença e 1.783 mortes, em Niterói, desde o início da pandemia.


No Painel da SES, a taxa de ocupação dos hospitais da rede pública de Niterói permanece estável: 58% dos leitos e 78% das vagas reservadas para pacientes de Covid estão ocupados. O resultado é melhor do que o do Rio de Janeiro, por exemplo, que se mantém com uma ocupação de 78% dos leitos e 92% das UTIs.


"RevisãoAjustes técnicos"


Consultada pelo A Seguir: Niterói, a Secretaria Municipal de Saúde de Niterói não explicou a interrupção da divulgação dos boletins diários. Mas atribuiu a suspensão dos registros para a Secretaria Estadual de Saúde a uma revisão dos dados. Diz a nota: "A Secretaria Municipal de Saúde informa que realizou uma revisão dos casos e óbitos por Covid-19 para excluir possíveis duplicidades, aprimorar os dados e a transparência na informação. Os dados estão atualizados no sistema estadual até o dia 4 de junho. Os casos e óbitos a partir do dia 5 de junho já começaram a ser inseridos. A previsão é de que as informações estejam regularizadas na sexta-feira."