Niterói fica mais perto de ter sua própria 'cidade do samba'

Atualizado: Fev 4

Prefeitura contrata empresa para criar projeto do 'Boulevard do Samba', que será construído no Bairro de Fátima

Por Gabriel Gontijo

A Viradouro no desfile do Grupo Especial do Carnaval Carioca de 2020. Foto Divulgação


Enquanto o carnaval não vem, Niterói se prepara para ter um espaço para abrigar as escolas de samba da cidade. A Prefeitura publicou no diário oficial a contratação do escritório Gimenez Andrade Arquitetos Ltda., que criará o projeto do chamado "Boulevard do Samba", ao custo de R$ 326.154,14.


De acordo com a publicação oficial, o Boulevard do Samba será construído em um terreno na Rua Indígena, no Bairro de Fátima, na região central de Niterói. De acordo com a Prefeitura, o terreno "encontra-se em fase final de desapropriação" e ocupa uma área de aproximadamente 48 mil m² que será destinada a 14 agremiações da cidade. O projeto é o mesmo que foi anunciado no ano passado, sendo que o prazo para a entrega é de três meses.


Caso o projeto seja concretizado, o espaço atende a uma reinvindicação antiga dos profissionais do samba que trabalham em Niterói, de ter um espaço nos moldes da Cidade do Samba, que abriga os barracões do Grupo Especial do carnaval carioca. A previsão é que o Boulevard do Samba tenha barracões para as agremiações, arena de eventos e cursos técnicos ligados ao universo do samba para a formação de ritmistas, costureiros e aderecistas.


Atualmente, Niterói tem 31 escolas de samba, das quais um terço desfilam na Rua da Conceição. Por causa da pandemia de Covid-19, o carnaval deste ano de 2021 foi cancelado em Niterói. Estão proibidos desfiles, bailes, blocos e qualquer atividade e evento que possa provocar aglomeração.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.