Ocupação de leitos UTI Covid em Niterói não cede e termina a semana em 90%

Em momento decisivo para a cidade, Prefeito admite que situação dos hospitais ainda é grave; decreto restritivo em vigor vai até domingo

Reprodução/Twitter


Nos últimos dias do período emergencial, Niterói ainda não conseguiu reduzir um dos principais números que contribuem para o indicador síntese: a taxa de ocupação de UTI. Nesta sexta-feira, o Prefeito Axel Grael divulgou a informação de que 90% dos leitos de terapia intensiva estão ocupados na cidade.


Leia mais: Maricá muda as próprias regras e reabre restaurantes, bares, academias e salões


O percentual é relativo tanto a leitos públicos quanto privados. Em sua publicação em rede social, Grael falou sobre o agravamento da crise sanitária.


— A pandemia tem se agravado rapidamente em Niterói, assim como em vários outros municípios pelo país. Perseverem nos cuidados, mantendo o distanciamento sanitário, o uso de máscaras e a higiene constante das mãos. Precisamos salvar vidas! — escreveu o Prefeito.


A notícia da alta na ocupação hospitalar chega em quanto a cidade aguarda uma decisão da Prefeitura sobre a abertura ou não de atividades econômicas. Rio e Maricá flexibilizaram medidas sanitárias. Já Niterói ainda não informou quais os serão os próximos passos.