OMS faz alerta global sobre aumento de casos de Covid-19

Número de novas infecções volta a crescer no mundo, depois de sete semanas, e OMS defende medidas mais duras

Foto: Reprodução de internet


O alerta foi global. A Organização Mundial de Saúde (OMS) afirmou nesta segunda-feira (1/3) que o número de novas infecções por coronavírus aumentou no mundo todo na semana passada. Foi a primeira vez que isso aconteceu em sete semanas, segundo a OMS. Não foi apenas no Brasil, que enfrenta uma das piores situações, das mais preocupantes, com risco de colapso no sistema de saúde em diversos estados. Mas o aumento global dos casos, com novas variantes surgindo em diferentes continentes, torna ainda mais grave o momento.


Leia também: Secretários de Saúde dos Estados pedem toque de recolher no Brasil


Em entrevista na Suíça, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que o aumento dos casos foi “decepcionante, mas não surpreendente" e defendeu medidas duras de restrição para o combate à pandemia, sem relaxamento. Ele lembrou que a vacinação está atrasada em muitos países, como é o caso do Brasil, e que não haverá tão cedo imunizantes para todos no mundo. Tedros também criticou o relaxamento de medidas de restrição sem que a pandemia tivesse sido controlada.


Leia também: Veja, ponto a ponto, os sinais de piora da pandemia

— Era muito cedo para os países dependerem apenas dos programas de vacinação e abandonarem outras medidas. Se os países confiarem apenas nas vacinas, eles estão cometendo um erro. Medidas básicas de saúde pública continuam sendo a base da resposta - afirmou o diretor da OMS.


— É lamentável que alguns países continuem a priorizar a vacinação de adultos jovens mais saudáveis com menor risco de doenças em suas próprias populações, à frente dos profissionais de saúde e idosos em outros lugares — disse ainda.


© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.