Oscar em casa: Confira indicados disponíveis nas plataformas de streaming

Atualizado: Abr 23

A Seguir: Niterói preparou uma lista com alguns dos filmes indicados à maior premiação do cinema que será transmitida no dia 25 de abril


Por Livia Figueiredo

"Mank" lidera as indicações ao Oscar 2021 / Foto: Reprodução da internet


Faltando poucos dias para a maior premiação do cinema no mundo, o A Seguir: Niterói preparou uma lista dos filmes indicados ao Oscar 2021, que estão disponíveis nas principais plataformas de streaming. Diferentemente das edições anteriores, a maioria dos filmes pode ser assistida em casa por causa da pandemia de Covid-19.


O Oscar será transmitido no dia 25 de abril, na TNT, a partir das 21h. A cerimônia homenageará os melhores filmes lançados entre 1 de janeiro de 2020 e 28 de fevereiro de 2021 e acontecerá na histórica estação de trem no Centro de Los Angeles, a Union Station e no Dolby Theater – a tradicional casa do Oscar em Hollywood.


Confira abaixo a lista dos filmes que estão disponíveis nos mais diversos serviços de streaming e suas respectivas indicações.


Boa maratona!


Mank - Netflix

"Mank", disponível na Netflix / Foto: Reprodução da internet


Dirigido por David Fincher ("A Garota Exemplar"), o filme conta a história turbulenta do roteirista Herman J. Mankiewicz da obra-prima icônica de Orson Welles, Cidadão Kane (1941) e sua luta com o autor Orson Welles pelo crédito do script do grandioso longa.


Mank lidera o ranking de indicações do Oscar 2021 e concorre a 10 categorias: melhor filme, melhor ator para Gary Oldman, melhor atriz coadjuvante para Amanda Seyfried, melhor fotografia, melhor figurino, melhor direção para David Fincher, melhor cabelo e maquiagem, melhor trilha sonora, melhor design de produção e melhor som.


Meu pai - Now

"Meu pai", disponível no Now / Foto: Reprodução da internet


O filme conta a história de um homem idoso que recusa toda a ajuda de sua filha à medida que envelhece. Ela está se mudando para Paris e precisa garantir os cuidados dele enquanto estiver fora, buscando encontrar alguém para cuidar do pai. Ao tentar entender suas mudanças, ele começa a duvidar de seus entes queridos, de sua própria mente e até mesmo da estrutura da realidade.


"Meu pai" recebeu 6 indicações ao Oscar e está disponível no Now. O filme foi indicado a melhor filme, melhor ator para Anthony Hopkins, melhor atriz coadjuvante para Olivia Colman, melhor montagem, melhor design de produção e melhor roteiro adaptado.


O Som do Silêncio - Amazon Prime

"O Som do Silêncio", disponível na Amazon Prime / Foto: Reprodução da internet


Em "O Som do Silêncio", um jovem bateirista teme por seu futuro quando percebe que está gradualmente ficando surdo. Duas paixões estão em jogo: a música e sua namorada, que é integrante da mesma banda de heavy metal que o rapaz. Essa mudança drástica acarreta em muita tensão e angústia na vida do bateirista, atormentado lentamente pelo silêncio.


O longa foi indicado para melhor filme, melhor ator para Riz Ahmed, melhor ator coadjuvante para Paul Raci, melhor montagem, melhor som e melhor roteiro original e pode ser assistido na Amazon Prime.


Os 7 de Chicago - Netflix

"Os 7 de Chicago", disponível na Netflix/ Foto: Reprodução da internet


"Os 7 de Chicago" é outro filme que recebeu um grande número de indicações, sendo nomeado a 6 categorias. Disponível no catálogo da Netflix, "Os 7 de Chicago" foi indicado a melhor filme, melhor ator coadjuvante de Sacha Baron Cohen, melhor fotografia, melhor montagem, melhor canção original e melhor roteiro original.


A premissa gira em torno de um protesto pacífico contra a guerra do Vietnã em Chicago, no ano de 1968, se transformou em um confronto violento com a polícia. No ano seguinte, sete pessoas foram acusadas de conspiração pelo governo federal dos Estados Unidos.


A Voz Suprema do Blues - Netflix

"A Voz Suprema do Blues", disponível na Netflix/ Foto: Reprodução da internet


"A Voz Suprema do Blues" acompanha Ma Rainey (Viola Davis) em Chicago, 1927, numa sessão de gravação de álbum mergulhada em tensão entre seu ambicioso trompista Levee (Chadwick Boseman) e a gerência branca que está determinada a controlar a incontrolável "Mother of the Blues". Porém, uma conversa no local revela verdades que irão abalar a vida de todos.


O filme recebeu 6 indicações, como melhor ator para Chadwick Boseman, melhor figurino, melhor cabelo e maquiagem e melhor design de produção.


Pieces Of a Woman - Netflix


"Pieces of a Woman", disponível na Netflix/ Foto: Reprodução da internet


"Pieces of a Woman" aborda a jornada emocional de uma mãe que acaba de perder seu bebê. Diante dessa perda, ela terá que lidar com as consequências que seu luto tem nas relações com o marido e a mãe, lutando para que seu mundo não desabe por completo.


O filme aborda o luto vivido pelo casal formado por Martha Weiss (personagem interpretado pela Vanessa Kirby) e Sean Carson (Shia LaBeouf) após a perda do bebê em um parto complicado - e ganha ainda mais força por ser baseado em uma história real. O diretor Kornél Mundruczó e a roteirista do longa, Kata Wéber, vivenciaram a dor de um aborto espontâneo, e retratam a complexidade da situação em Pieces of a Woman.


"Pieces of a Woman" é o primeiro longa-metragem em inglês do cineasta húngaro Kornél Mundruczó e recebeu uma indicação ao Oscar, melhor atriz pela interpretação da Vanessa Kirby.


Uma Noite em Miami - Amazon Prime

"Uma Noite Em Miami", disponível na Amazon Prime / Foto: Reprodução da internet


O filme é um recorte da vida do lutador de boxe da categoria de peso-pesado, Cassius Clay, o Muhammad Ali. O filme acompanha sua trajetória desde jovem, quando ganhou visibilidade após participar do Miami Beach Convention Center e sair como vencedor de sua categoria, além de revisitar como se deu o início de sua amizade com Malcom X, Sam Cooke e Jim Brown.


Dirigido pela atriz e diretora Regina King, o filme foi indicado a melhor roteiro adaptado, melhor ator coadjuvante, pela atuação do Leslie Odom Jr e melhor canção original por "Speak Now"


Borat 2 - Amazon Prime

"Borat 2", disponível na Amazon Prime / Foto: Reprodução da internet

Libertado da prisão pelo governo do Cazaquistão, o comediante Borat arrisca a sua vida ao retornar aos Estados Unidos com sua filha de 15 anos. Desta vez, ele revela mais sobre a cultura norte-americana e fala sobre eleições e pandemia por Covid-19.


Disponível na Amazon Prime, o filme recebeu uma indicação ao Oscar pela atriz coadjuvante, Maria Bakalova, que interpreta a filha do personagem Borat. A atriz ganhou o Critics Choice, que é um termômetro para o Oscar.


Druk - Now

"Druk- Mais uma Rodada", disponível no Now / Foto: Reprodução da internet


"Druk - Mais uma Rodada" relata a história de quatro professores com problemas em suas vidas, testando a teoria de que ao manter um nível constante de álcool em suas correntes sanguíneas, suas vidas irão melhorar. De início, os resultados são animadores, porém, no decorrer da experiência, eles percebem que nem tudo é tão simples assim.


Indicado à categoria de melhor filme internacional e melhor direção, o longa é o representante da Dinamarca no Oscar. Quem assina a direção é Thomas Vinterberg, conhecido pelo filme "A Caça", também protagonizado pelo ator Mads Mikkelsen.


Relatos do mundo - Netflix


"Relatos do Mundo", disponível na Netflix/ Foto: Reprodução da internet


Em "Relatos do Mundo", o Capitão Jefferson Kyle Kidd, um viúvo que já lutou em duas guerras, viaja através do Texas, no ano de 1870, oferecendo notícias do mundo para as pessoas, apesar de os jornais estarem se tornando cada vez mais acessíveis. Ele aceita uma proposta para levar uma menina de 10 anos, Johanna, até seus familiares. Criada pela tribo Kiowa, ela não conhece sua família e tem um comportamento hostil com as pessoas ao seu redor, mas acaba criando um vínculo com Kidd, forçando os dois a lidarem com as difíceis escolhas sobre o futuro.


Protagonizado pelo Tom Hanks, o filme foi indicado a 4 categorias: melhor fotografia, melhor design de produção, melhor som e melhor trilha sonora.


Era Uma Vez um Sonho - Netflix

"Era Uma Vez um Sonho", disponível na Netflix/ Foto: Reprodução da internet


Disponível na Netflix, "Era Uma Vez um Sonho" conta a história da família Vance, que se muda para Ohio na esperança de viver longe da pobreza em um período pós-guerra. Quando o membro mais jovem da família cresce e se torna um estudante de direito na universidade de Yale, ele é obrigado a retornar à sua cidade natal, se deparando com o tão famoso sonho americano. Porém, ao perceber a luta de sua família contra o racismo, abusos, alcoolismo e pobreza, o jovem logo descobre que esse estereótipo americano é superficial e está longe de parecer um sonho.


O filme recebeu duas indicações: atriz coadjuvante pela Glenn Close e maquiagem e cabelo. A atriz Amy Adams também faz parte do elenco.


O Tigre Branco - Netflix

"O Tigre Branco", disponível na Netflix/ Foto: Reprodução da internet


Baseado no best-seller do New York Times, O Tigre Branco conta a história de Balram Halwai (Adarsh Gourav) e sua ascensão meteórica de aldeão pobre a empresário de sucesso, na Índia moderna. Astuto e ambicioso, nosso jovem herói consegue se tornar o motorista dos milionários Ashok e Pinky, que acabam de retornar da América. Tendo a sociedade o treinado para uma única função - a de servir - Balram tornou-se indispensável aos olhos de seus ricos patrões.


Contudo, após uma noite de traição, ele entende o quão longe esses senhores estão dispostos a ir para se protegerem. Prestes a perder tudo, Balram se rebela contra um sistema fraudulento e desigual, buscando de vez sua autonomia. O filme foi indicado a melhor roteiro adaptado.


Agente Duplo - Globoplay

"O Agente Duplo", disponível na Globoplay/ Foto: Reprodução da internet


No documentário "Agente Duplo", Sergio é um espião chileno. Ele recebe o papel após uma sessão de elenco organizada pelo detetive Romulo, um investigador particular que precisa de uma vergonha crível para se infiltrar em uma casa de repouso. O cliente de Rômulo, filha preocupada de um morador, suspeita que sua mãe esteja sendo abusada e o contrata para descobrir o que realmente está acontecendo.


O filme chileno foi indicado a melhor documentário, sendo o único filme sul americano nesta categoria que concorre ao Oscar.


Emma - Telecine

"Emma", disponível na Netflix/ Foto: Reprodução da internet


Na adaptação da famosa obra de Jane Austen, Emma Woodhouse (Anya Taylor-Joy, conhecida pela série "O Gambito da Rainha") é uma jovem rica e inteligente, que não tem pretensões de se casar tão cedo para ficar sempre perto do pai. Porém, isso não a impede de dar uma de 'casamenteira', tentando juntar casais que considere apropriados entre seus conhecidos, sem perceber os problemas causados com sua imaginação e teimosia.


O filme recebeu duas indicações ao Oscar: Maquiagem e Cabelo e Melhor Figurinho.


O Céu da Meia Noite - Netflix

"O Céu da Meia Noite", disponível na Netflix/ Foto: Reprodução da internet


Indicado na categoria de efeitos visuais, o filme acompanha Augustine (George Clooney), um solitário cientista no Ártico que tenta impedir que Sully (Felicity Jones) e seus colegas astronautas voltem para casa em meio a uma misteriosa catástrofe mundial.


"O Céu da Meia-Noite", novo filme dirigido pelo astro George Clooney, é mais do que uma ficção-científica ambientada na Terra e no espaço. Na verdade, por se passar simultaneamente em ambos os locais, o longa que chegou à Netflix pode ser considerado com mais exatidão como um drama reflexivo que procura abordar temas humanos acima da ciência.


Tenet - Now

"Tenet", disponível no Now / Foto: Reprodução da internet


Um agente da CIA conhecido como O Protagonista (John David Washington) é recrutado por uma organização misteriosa, chamada Tenet, para participar de uma missão de escala global. Eles precisam impedir que Andrei Sator (Kenneth Branagh), um renegado oligarca russo com meios de se comunicar com o futuro, inicie a Terceira Guerra Mundial. A organização está em posse de uma arma de fogo que consegue fazer o tempo correr ao contrário, acreditando que o objeto veio do futuro. Com essa habilidade em mãos, O Protagonista precisará usá-la como forma de se opor à ameaça que está por vir, impedindo que os planos de Sator se concretizem.


O filme é dirigido por Christopher Nolan ("Interestelar", "A Origem") e foi indicado a duas categorias: efeitos visuais e design de produção.


Mulan - Disney +

"Mulan", disponível no Disney + / Foto: Reprodução da internet


O live action de um dos filmes mais tradicionais da Disney, "Mulan" conta a história de Hua Mulan (Liu Yifei), a espirituosa e determinada filha mais velha de um honrado guerreiro. Quando o Imperador da China emite um decreto que um homem de cada família deve servir no exército imperial, Mulan decide tomar o lugar de seu pai, que está doente. Assumindo a identidade de Hua Jun, ela se disfarça de homem para combater os invasores que estão atacando sua nação, provando-se uma grande guerreira.


O filme foi indicado a melhor figurino e melhor efeito visual.


Soul - Disney +

"Soul", disponível no Disney + / Foto: Reprodução da internet


Joe é um professor de música do ensino médio apaixonado por jazz, cuja vida não foi como ele esperava. Quando ele viaja a uma outra realidade para ajudar outra pessoa a encontrar sua paixão, ele descobre o verdadeiro sentido da vida.


Quando Joe finalmente tem a chance de impressionar outros músicos durante um ensaio aberto, sofre um acidente que faz com que sua alma seja separada de seu corpo e transportada para um centro no qual as almas se desenvolvem e ganham paixões antes de serem enviadas para um recém-nascido. Joe deve trabalhar com 22, uma das almas em treinamento, que tem uma visão obscura da vida depois de ficar presa por anos no centro evitando seguir para a Terra.


O filme é uma produção da Pixar e foi indicado a melhor trilha sonora. "Soul"é uma das grandes apostas para melhor animação.