Paulo Gustavo apresenta 'pequenos progressos': pulmão do artista dá sinais de atividade autônoma

Apesar da evolução, ator niteroiense segue em estado crítico e com a ajuda do pulmão artificial (ECMO)


Por Gabriel Gontijo

Paulo Gustavo está internado desde março. Divulgação


O estado de saúde é grave e cada evolução é um sinal de esperança. Nesta sexta-feira (16), o ator Paulo Gustavo internado na UTI do Hospital Copa Star, com Covid, apresentou alguma melhora: os pulmões dele voltaram a se expandir, o que significa uma atividade pulmonar autônoma. Apesar disso, o estado de saúde ainda é considerado grave e ele segue com a ajuda do ECMO, o pulmão artificial.


Na quinta-feira (15), no último boletim médico divulgado pela assessoria de imprensa do artista, a informação era de que a hemorragia pulmonar tinha sido controlada e que houve progresso no quadro clínico do ator. E de acordo com a apuração da reportagem, desde então a circulação sanguínea do ator voltou a ser regular.


Em publicação feita nesta quinta-feira, o marido de Paulo Gustavo, Thales Bretas, fez uma publicação no Instagram onde exaltava a força de vontade do ator em viver e também falava sobre os progressos que o artista apresentou nos últimos dias.


- Estamos vivenciando dias calmos, de estabilidade e pequenos progressos, que acalentam nossos corações já calejados. Peço que nunca percam a fé!!! Ela nos acalma, nos conforta, e nos prepara pras dificuldades e pros milagres, que existem e são possíveis! Eu acredito! E já preparei nossa comemoração pro dia de voltar pra casa! Agradeço a todos pelo carinho, aos profissionais de saúde pelos cuidados e às graças obtidas de outros planos! - declarou Bretas.