Prefeitura contraria plano de controle da Covid-19 para abrir economia

Prefeito autorizou atividades que só deveriam funcionar depois da vacina

Prefeitura abriu a cidade antes do que previa o Plano do Novo Normal


A Prefeitura de Niterói abandonou o planejamento traçado no Plano de Transição para o Novo Normal, que previa a retomada de atividades em função do melhor controle da epidemia e autorizou o funcionamento de cinemas, escolas, bares com música ao vivo até as duas da madrugada e parques e praças, entre outras que deveriam permanecer fechadas até a aplicação de uma vacina.


Leia mais: Niterói tem o maior número de casos de Covid-19 em uma semana desde julho


A decisão de liberar as atividades foi tomada sem o aval do Comitê Científico, criado para assessorar a Prefeitura nas ações e combate à Covid e que reúne especialistas da UFF, da UFRJ e da Fiocruz. A última reunião do Comitê aconteceu em 16 de setembro, quando os cientistas alertaram que o coronavírus ainda circulava na cidade e desaconselharam a abertura das escolas. Como a decisão final é da Prefeitura, Rodrigo Neves autorizou a retomada das aulas do Ensino Médio, mais tarde proibida pela justiça.


Desde o mês passado, o Prefeito tem autorizado uma série de medidas que contrariam o plano traçado pela própria Prefeitura. Não cita mais o Comitê Científico; diz que as decisões foram tomadas pelo Gabinete de Crise, formado por ele e seus secretários. O Plano de Transição ao Novo Normal foi anunciado pela Prefeitura ainda no início da pandemia, quando a cidade estabeleceu medidas de isolamento e se aproximou de um lockdown, como uma bíblia a ser seguida com responsabilidade para garantir o controle da doença.


Veja também: Platô da Covid-19 chega à sétima semana; foram 537 casos em sete dias


Niterói, efetivamente, passou pelo pico da doença, em maio/junho, sem uma crise no atendimento hospitalar. Mas a retomada das atividades, poucas semanas depois do lockdown, manteve os indicadores da Covid no que os especialistas chamam de “platô”, em que casos e mortes se mantêm num nível ainda elevado, que indica a presença da doença na cidade.


O prolongamento deste quadro de estabilidade, sem piora ou melhora nos casos e mortes, aumentou a pressão de diversos setores da economia, como comércio, escolas, bares e restaurantes, que pediam a retomada das atividades e a suspensão de restrições. Isso aconteceu no caso da escolas, que pela planilha do Novo Normal seguiram fechadas.


A mesma coisa em relação a bares e restaurantes. Os protocolos de isolamento foram revisados e a prefeitura reduziu a distância entre mesas, permitiu música ao vivo e ampliou o horário até duas da manhã. No decreto do Novo Normal, isto só aconteceria no estágio Verde, com a existência de uma vacina. Parques e praças também permaneceriam fechados no planejamento, mas serão reabertos esta semana.


O Plano de Transição foi feito considerando o grau de risco das atividades e a necessidade social de funcionamento. Atividades essenciais, como mercados, farmácias, postos de gasolina e transportes, por exemplo, comportam risco alto ou muito alto. Mas não podem parar. Outras atividades, como as ligadas a lazer e entretenimento, como shows, casas noturnas, teatros e cinemas apresentam risco muito alto, mas não prejudicam atividades vitais da cidade, por isto, deveriam permanecer fechadas, conforme o planejamento da Prefeitura.


Fiocruz: Casos e óbitos por Covid-19 devem continuar altos no verão


Niterói está no estágio de Alerta Máximo Amarelo-2. Para avançar a um estágio de maior flexibilidade nas medidas de isolamento, precisaria atingir um maior controle da doença. Este controle é medido série de indicadores, como número de casos, mortes, rapidez de avanço da doença, disponibilidade de leitos e UTis, letalidade da doença, entre outros. São 12 itens e um sistema de pontuação. O Índice-síntese, que define o estágio de alerta, no momento é 5,8. Para passar ao Amarelo-1, Niterói deveria marcar 5 nesta conta. O estágio seguinte seria o Verde, a vida normal, que só seria atingido com a vacina e o controle da pandemia.


A decisão da Prefeitura de antecipar a liberação de atividades torna irrelevante o plano de transição, uma vez que poucas coisas permanecem fechadas. Provavelmente, apenas shows e restaurantes com serviço de buffet, que só deveriam funcionar depois de vencida a ameaça da doença.


Veja o Plano de Transição para o Novo Normal: http://pgm.niteroi.rj.gov.br/downloads/sinais.pdf



728x90.gif

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.