Prefeitura cria novas secretarias para contemplar acordos políticos

Indicada de Romário, Jennifer Lynn Bastiani, já 'vai sentar na janelinha': Coordenadoria vira Secretaria de Acessibilidade


O Prefeito Axel Grael reuniu secretários, administradores e gestores de empresas na Sala Nelson pereira dos Santos, na semana passada


Faltou cadeira no governo para atender todos os compromissos de campanha e contemplar os 15 partidos que formaram a aliança em torno do Prefeito Axel Grael.

A Prefeitura de Niterói propôs à Câmara Municipal a criação de quatro novas secretarias, aprovadas nesta terça-feira (26), em primeira votação. Também deverá ser criada uma nova Administração Regional de Itaipu e Engenho do Mato., desmembrada da Região Oceânica.


Apesar da restrição criação de cargos e despesas estabelecida nos programas de ajuda federal a estados e municípios na pandemia, a Prefeitura defendeu o aumento dos quadros, alegando que não haverá aumento de despesas. Com maioria absoluta na casa, não teve dificuldade para aprovar a medida.


A Prefeitura já conta com 26 secretarias. As novas pastas são de: Direitos Humanos, Ciência e Tecnologia, Relações Institucionais e Acessibilidade. O Prefeito Axel Grael justificou à Câmara Municipal que a despesa com os subsídios dos novos secretários será coberta pela transformação de cargos existentes.


A Secretaria de Direitos Humanos será separada da Assistência Social. Será entregue a Raphael Costa, candidato derrotado a vereador pelo aliado PSB. A Secretaria de Ciência e Tecnologia será desmembrada da Secretaria de Educação. A maior surpresa é a transformação da Coordenadoria de Acessibilidade em Secretaria. A pasta será ocupada por Jennifer Lynn Bastiani, indicada pelo senador Romário, do Podemos, uma peça importante na campanha eleitoral, dificultando a composição em torno de uma candidatura bolsonarista, articulada pelo Deputado Federal Carlos Jordy.


O orçamento de Niterói prevê uma gasto de R$ 1,5 bilhão com o funcionalismo municipal - 42% da receita de R$ 3,5 bilhões prevista para o ano. Outros R$ 1,4 bilhão estão reservados à seguridade social.







© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.