Prefeitura do Rio proíbe banhos de mar, ambulantes e rotativo na orla

Medidas valem de meia-noite de sábado até segunda-feira; intenção é reduzir a circulação de pessoas e frear a transmissão do coronavírus

Tânia Rêgo/Agência Brasil


Um decreto da prefeitura do Rio de Janeiro proíbe, a partir deste sábado, a permanência nas areias das praias da cidade, como forma de evitar a propagação do novo coronavírus. Estão proibidos também banho de mar, o comércio nas areias e a prática de esportes.


No domingo, as pistas de rolamento da orla da zona sul, que costuma fechar parcialmente para lazer, permanecerão abertas, para evitar aglomeração nesses locais.


A prefeitura também decidiu proibir o estacionamento na orla, com exceção para moradores, idosos, portadores de necessidades especiais, hóspedes de hotéis e táxis.


Ônibus e outros veículos de fretamento estão proibidos no município, com exceção daqueles que prestam serviço a empresas e hotéis. A princípio, a medida vale até segunda-feira (22).