Prefeitura faz reunião de gestores e define metas para 100 dias de governo

Encontro com secretários define planos para os primeiros meses do governo de Axel Grael e fortalece Educação


O Prefeito Axel Grael no encontro com a equipe de governo

O Prefeito Axel Grael costuma dizer que Niterói tem um plano, um projeto de cidade. Dizia isso nos oito anos do governo de Rodrigo Neves, quando foi Vice-Prefeito e Secretário, sustentou na campanha e repete desde a posse. O governo se guia pelo programa "Niterói que queremos", que definiu metas, ouvindo a sociedade, e que se atualiza, periodicamente. Mas Axel assumiu com muitas urgências, diante da pandemia, a campanha de vacinação e a necessidade de retomada da economia, e quer metas de curto prazo. Na reunião com os gestores, realizada nesta sexta-feira (22) na Sala Nelson Pereira dos Santos, já se pode desenhar os objetivos dos primeiro 100 dias de governo.


O encontro de gestores, como foi batizado, reuniu secretários e presidentes de autarquias e fundações municipais para estabelecer metas e debater iniciativas da Prefeitura. Foi uma reunião fechada, na Sala Nelson Pereira dos Santos. Na agenda dos secretários, aparecia o propósito, discutir as metas para os 100 dias de governo. O Prefeito pediu que cada Secretaria tenha suas propostas, além das metas de governo, que exigem envolvem várias áreas e exigem coordenação de ações.


A emergência da Covid e o desafio de coordenar a vacinação no município, tarefa que pode avançar até o segundo semestre, impõe uma prioridade evidente, a Saúde. Foi nesta área que o Prefeito adotou suas primeiras medidas, entre elas a prorrogação do prazo de aluguel do Hospital Oceânico. A pandemia mantém a cidade em emergência desde março do ano passado e tem exigido ações do governo, como o socorro aos moradores, com o programa de renda básica, e às empresas, outra medida adotada imediatamente. Outras ações emergenciais foram implementadas ainda no governo Rodrigo Neves e terão continuidade, como o programa de obras nas comunidades.


Além disso, há projetos de longo prazo já anunciados, como a reurbanização da Alameda São Boaventura, o projeto de recuperação da Lagoa de Piratininga e o plano de revitalização do Centro. Também o plano de estímulo à atividade naval, iniciado com a dragagem do Canal de São Lourenço.


Mas alguns temas ganharam força no novo governo. A Educação é um deles. A Prefeitura quer a volta das aulas e vai mexer no decreto de Transição para o Novo Normal para tornar isso possível, mesmo que a pandemia se agrave e a cidade entre no estágio de emergência laranja. Pela legistação em vigor, isso só poderia acontecer quando Niterói melhorasse o controle da doença e saísse do Alerta Amarelo- 2 para o Amarelo- 1. O ano letivo começa em março e caberá ao Secretário de Educação, Vinícius Wu, uma das raras renovações na equipe de governo, encontrar soluções para capacitar a rede municipal a oferecer recursos de tecnologia para conteúdo on line. Será o maior projeto da gestão Grael nos primeiros 100 dias de governo.