Quadro clínico de Paulo Gustavo apresenta melhora, mas estado de saúde ainda é grave

Pulmão do artista tem evolução, mas ele segue com o apoio do ECMO


Por Gabriel Gontijo

Foto: Reprodução/Instagram


Depois de mais de um mês de internação, o ator Paulo Gustavo apresentou leve evolução no quadro clínico, e o pulmão do artista teve melhoras. Desde terça-feira (12) que o quadro de hemorragia encontra-se controlado. Apesar disso, o estado de saúde ainda é considerado grave e ele segue com a ajuda do ECMO, o pulmão artificial. O artista se encontra internado desde 13 de março no Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul do Rio.


Leia mais: Estado de saúde de Paulo Gustavo é considerado crítico


Em comunicado enviado pela assessoria na manhã desta quinta-feira (15), o boletim médico informa que “finalmente" foi possível "sanar as fístulas bronco-pleurais identificadas". Além disso, detalhou outros progressos apresentados por Paulo Gustavo.


- Nas últimas 48 horas também observamos a normalização da coagulação com o tratamento instituído e não mais detectamos sinais de hemorragias. A situação clínica do paciente, embora ainda crítica, traz à equipe profissional mais confiança em sua recuperação. Estamos cientes de que ainda temos um caminho pela frente - informou o comunicado.


Por causa das hemorragias, o marido de Paulo Gustavo, o dermatologista Thales Bretas, chegou a pedir no Instagram doações de sangue para o artista, que precisou se submeter a uma transfusão na semana passada.


Na segunda-feira (12), alguns famosos como Tatá Werneck e Fabiana Karla declararam nas redes sociais notícias sobre a melhora do quadro clínico do ator. Tatá chegou a falar no Twitter que foi um "dia de milagres".