Rodrigo Neves: uma obra além dos limites de Niterói

Prefeito diz que Axel Grael terá inúmeros desafios e receberá a cidade com R$ 350 milhões em caixa


Por Luiz Claudio Latgé


O Prefeito Rodrigo Neves, no dia da eleição, com Axel e a futura primeira-dama Christa


Durante a campanha política, era impossível encontrar Axel Grael sem ter a seu lado o Prefeito Rodrigo Neves. Ou vice-versa. Principal eleitor do Prefeito eleito, precisava apresentar seu candidato à população, que, no início do processo, tinha apenas 4% das intenções de voto. Axel terminou eleito no primeiro turno, com 62% dos votos. Mas o entendimento dos dois não foi construído na eleição: vem do início do primeiro governo, em 2012. No domingo, acompanharam juntos o resultado das urnas e celebraram a vitória na casa do Prefeito, ao lado das mulheres.


O Prefeito reconhece o papel de Axel no seu governo. E retribuiu entregando a casa arrumada. "Nós fizemos um levantamento, há poucos dias, e a Prefeitura tem R$ 350 milhões em caixa", comemora. Reclama que os adversários alegam que ganharam as eleições por causa do orçamento da Prefeitura. Mas lembra que recebeu a Prefeitura com dívidas, zerou todas as contas e construiu o túnel de Charitas, antes do dinheiro dos royalties do petróleo.


- A cidade nunca está pronta. E são muitos os desafios que o Axel terá pela frente. Ele está certo quando diz que tem duas prioridades, o controle da pandemia e a necessidade de reativação da economia. Mas a cidade hoje tem todos os recursos para enfrentar esta situação, como já vem fazendo. Tem gestão, tem equipe técnica, tem planejamento, tem uma base política articulada - sustenta.


A bancada do governo da Câmara terá mais de 70% dos votos. Na última legislatura, o PDT tinha apenas um vereador, e agora fez quatro, a maior representação partidária. A base aliada tem pelo menos 14 dos 21 votos. Mas ele acredita que a maioria pode ser ainda maior. Não parou de costurar apoios depois de encerrada a contagem dos votos.


O Prefeito confia muito na gestão do sucessor. Considera Axel bem preparado e muito criativo. Cita casos para ilustrar o que diz, lembra que, quando teve certeza que poderia fazer o túnel para Charitas, Axel foi decisivo ao desenhar um plano de desenvolvimento para a Região Oceânica, com a recuperação da orla de Piratininga.


O day after do Prefeito, depois do resultado das eleições, foi intenso. Recebeu a visita do Presidente do PDT, Carlos Lupi. Discutiram, entre outros assuntos, o posicionamento do partido nas eleições do Rio, depois que a candidata do PDT Marta Rocha ficou fora do segundo turno, a ser disputado entre Eduardo Paes e Marcelo Crivella. Rodrigo Neves é um quadro político a ser ouvido nesse momento, depois de receber nas urnas o reconhecimento de sua gestão da cidade.


Mas o Prefeito não permaneceu apenas em Niterói nessa campanha. Apoiou o candidato do PT, Dimas Gadelha, em São Gonçalo, que vai para o segundo turno contra o Capitão Nelson, do Avante, e agradeceu publicamente o apoio recebido. Festejou os resultados em Maricá, a eleição do petista Fabiano Horta, em aliança com o PDT. E em Cabo Frio, "O Zezinho Bonifácio, um trabalhista histórico." Espera agora o segundo turno em Campos, onde apoia o candidato Caio Vianna, do PDT, contra o filho do ex-Prefeito de Campos e ex-Governador, Anthony Garotinho, Wladimir Garotinho, que ainda tem a candidatura em julgamento no TRE. Restaura a presença trabalhista e consolida sua liderança no território do antigo Estado do Rio, quando Niterói era capital, antes da fusão com a Guanabara.


Pergunto sobre os planos políticos. Rodrigo Neves já havia dito antes que pretende estudar e transformar em livro a experiência de gestão de Niterói, trabalhando conceitos de planejamento, inovação e de cidades inteligentes. Acredita que Niterói é uma boa referência para a administração pública, porque a cidade soube resolver seus problemas e até assumiu compromissos em áreas de responsabilidade do estado, como segurança pública, através de projetos como o Niterói Presente e a Guarda Municipal.


O Prefeito não fala muito do futuro. Na agenda, ainda tem uma série de compromissos de governo para os próximos dias. E obras para inaugurar. O Mercado Municipal, por exemplo, que será entregue no dia 22, aniversário da cidade, vai ser ocupado pelos lojistas em dezembro e deve funcionar para o público em janeiro. Também fala da reurbanização da Rua Paulo Alves, no Ingá, para aliviar o trânsito em Icaraí, uma obra no modelo da Avenida Marquês do Paraná. Fala com se ainda estivesse em campanha.


O Prefeito e o Prefeito eleito combinaram que a transição começa a partir de primeiro de dezembro. Mas Rodrigo Neves logo volta a falar da agenda na Prefeitura. Lembra que nesta quinta-feira a cidade retoma a sanitização das ruas e a distribuição de máscaras. Depois de distribuir um milhão e meio de máscaras, comprou mais 500 mil. Acha que a distribuição de máscaras é um lembrete para a população seguir adotando as medidas de proteção, porque a Covid ainda não está vencida.


Com certeza, vai sentir falta de uma campanha. Ou não...













© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.