São Gonçalo registra 720 mortes e amplia testagem

Cidade tem 19.510 casos confirmados da doença e baixo risco de contágio


Teste drive-trhu para motoristas de táxi e serviços de delivery


Os boletins da Prefeitura de São Gonçalo registram, nas últimas semanas, “baixo risco de contaminação”. Mas os números parecem não dar essa tranquilidade aos moradores da cidade. Na última terça-feira, havia 19.300, no dia seguinte, quinta,4, eram 15.510; ou seja, 210 novos casos da doença em um único dia. Niterói tem registrado uma média entre 60 e 70 casos diários - um diferença grande, mesmo descontando o tamanho das cidades.


A boa notícia em São Gonçalo é que, da mesma forma que acontece em Niterói, o número de mortos caiu e está em torno de um por dia. Também epetindo Niterói, a Prefeitura de São Gonçalo não exibe as curvas de evolução da doença, apenas os boletins do dia.


Até o momento, São Gonçalo contabiliza 19.510 casos confirmados, 17.898 curados, 76 hospitalizados na Rede Pública Municipal de Saúde, 816 em quarentena domiciliar, 720 óbitos confirmados e nove óbitos em investigação.


A cidade decidiu ampliar a testagem e habilitou um serviço drive-trhu para atender especialmente a taxistas, motoristas de aplicativo, motociclistas e ciclistas de entrega de comida.A tenda funciona no Centro de Tradições Nordestinas, em Neves.


O secretário de Saúde, Jefferson Antunes, garantiu que o protocolo é importante para o controle da doença na cidade. “São trabalhadores que lidam diariamente com dezenas de pessoas e estão suscetíveis à contaminação pela Covid-19”, garantiu.


Há cinco anos na profissão, André Alves, de 39 anos, motorista de aplicativo, aplaudiu a iniciativa da prefeitura. “Temos uma rotina de trabalho intensa, que envolve dezenas de pessoas. A informação da testagem foi compartilhada em nosso grupo de trabalho e logo procurei o posto hoje cedo para fazer o teste”, explicou o motorista, feliz com o resultado negativo do exame.


A Secretaria de Saúde também ampliou o número de unidades realizando o teste rápido na cidade. Agora são 13 postos: Polos Sanitários Rio do Ouro, Porto do Rosa, Alcântara, Zé Garoto e Jardim Catarina; Centro de Triagem no Zé Garoto; Clínicas da Família Mutondo e Barro Vermelho; Hospital Franciscano Nossa Senhora das Graças, mais conhecido como Hospital das Freiras; Clínica da Criança, no Zé Garoto, e PAMs Coelho, Neves e Alcântara.


© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.