São Gonçalo tem 30 mortes em uma semana e hospitais lotados

Governo do estado classificou São Gonçalo e Região Metropolitana II em alerta Vermelho


Postos de testagem de emergência na Praça Zé Garoto


As notícias não foram boas em São Gonçalo no combate à Covid. A cidade vizinha registrou 30 mortes em apenas sete dias. Apnas na sexta-feira, 27, foram sete óbitos na cidade. Diante do avanço da epidemia, a Prefeitura de São Gonçalo decretou uma série de restrições às atividade econômicas e sociais e anunciou um plano de emergência para ampliar a capacidade dos hospitais da cidade. Atualmente, a idade tem 82 pessoas hospitalizadas e 947 em acompanhamento domiciliar.


A cidade mais populosa do Estado do Rio, fora a capital, demorou a agir no combate à Covid, mas até o mês passado a epidemia parecia controlada, com o sistema de monitoramento local, o covidímetro, apontando risco baixo. No mês de novembro, o número de casos aumentou rapidamente, obrigando a Prefeitura a criar postos de testagem em caráter de emergência, para evitar a multidão que se formava diante do centro de triagem.


Desde o início da pandemia, São Gonçalo registra 23.192 casos confirmados da doença e 766 mortos. Outros 38 óbitos estão em investigação.


© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.