Shoppings de Niterói reabrem nesta quarta-feira com metade da capacidade

Praças de alimentação de centros comerciais, porém, vão ter de continuar fechadas


Por Carolina Ribeiro


Clientes em loja de Icaraí. Foto Gustavo Stephan


Shoppings centers e centros comerciais de Niterói vão reabrir nesta quarta-feira (1º) com metade da capacidade de funcionamento, além de protocolos sanitários obrigatórios. A autorização de reabertura já havia sido publicada em decreto municipal, mas foi confirmada pelo prefeito Rodrigo Neves em pronunciamento nas redes sociais nesta segunda-feira (29). Também foi anunciado o andamento do programa Niterói Supera Mais, que vai conceder empréstimos para empresas da cidade, desta vez com investimento da própria prefeitura. O município ultrapassou 200 mortes em decorrência do Covid-19 nesta segunda-feira.


De acordo com Neves, as praças de alimentação de shopping centers e centros comerciais devem continuar fechadas para evitar que haja contaminação entre as pessoas. Protocolos de segurança devem ser seguidos como a medição de temperatura dos visitantes, tapetes sanitários nas entradas, totens com álcool em gel, marcação para filas no chão e agentes de desaglomeração. O horário de funcionamento será de 12h às 20h.


- Se mantivermos os estabelecimentos abertos depois das 20h, podemos ter fluxo maior das pessoas que saem do trabalho após 19h, e não queremos permitir aglomeração. Por isso também, a capacidade será pela metade. Os dirigentes já foram treinados e alguns lugares instalaram câmeras com sistemas de monitoramento de temperatura para que a medição não fosse feita de forma individual - avisou, ressaltando que a reabertura desse setor é importante para a retomada da atividade econômica.


- É uma notícia importante, pois já estavam fechados há mais de 100 dias. Precisamos retomar as atividades econômicas, mas com todos os protocolos sendo seguidos. Tenho muita confiança na população e nas entidades comerciais que vão manter os cuidados para que Niterói continue progredindo - pediu.


A expectativa é que o estágio amarelo nível 1 seja adotado nos próximos dias. De acordo com o secretário de Saúde, Rodrigo Oliveira, a cidade completa nesta semana a marca de 30 mil testes rápidos de Covid-19 realizados nas unidades de saúde ou por meio do sistema de drive thru. Além disso, a taxa de ocupação dos hospitais públicos e privados é de 30%.


Niterói Supera Mais


O Niterói Supera Mais, que será implementado a partir da segunda quinzena de julho, é um programa de empréstimo para os empresários de Niterói. O projeto foi desenvolvido após a dificuldade encontrada pelos comerciantes para conseguir auxílio do Banco do Brasil no programa Niterói Supera. Desta vez, o dinheiro emprestado será da própria prefeitura e não dos bancos.


A secretária de Fazenda, Giovanna Victer, anunciou que a prefeitura está contratando uma instituição para realizar os empréstimos com investimento próprio, uma vez que o Poder Público não pode realizar empréstimos diretamente. A empresas, que já se cadastraram por meio do Niterói Supera, devem ter faturamento de até R$ 1 milhão por ano.


- Desenhamos o programa quando percebemos que as regras de concessão de crédito do governo federal não iam viabilizar que as instituições financeiras dessem a agilidade para que as pequenas empresas conseguissem o capital de giro. A instituição financeira tem que seguir as normas do sistema financeiro nacional, mas vai emprestar o dinheiro público da prefeitura.


Ainda segundo Victer, a prioridade para os empréstimos será das instituições que ficaram por mais tempo fechadas devido o isolamento social, como bares, restaurantes, lanchonetes e academias.


- A política macroeconômica de apoio às empresas deveria ser federal. Mas temos observado que para as pequenas e médias empresas, o dinheiro não tem chegado. Elas têm sido fundamentais para a cidade porque mantendo essas empresas vivas e os empregos, vamos ter a retomada da economia com rapidez e mais força - completou Rodrigo Neves.


O prefeito explicou uma das causas para a disparidade entre os dados divulgados pela prefeitura de Niterói e o Governo do Estado em relação à Covid no município. Enquanto a prefeitura divulga que são 5.138 casos confirmados de Covid-19, o estado diz que são 6.357. De acordo com Neves, laboratórios, clínicas e hospitais particulares podem registrar os casos confirmados de coronavírus no sistema municipal, estadual e federal, o que causa duplicidade de registro.


- Por isso que é muito provável que, em alguns momentos, haja um registro maior na Secretaria de Saúde do Estado em relação ao município de Niterói. Como a prefeitura tem uma Vigilância Epidemiológica bem rigorosa e muito consistente e preparada, conseguimos identificar e corrigir essas duplicidades de registros. Em Niterói há um banco de dados preciso com todas as informações e rastreamento de cada infectado - finalizou.

728x90.gif

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.