Tenista de praia niteroiense se prepara para competições ainda este ano

Ralff Abreu vai jogar etapa do circuito mundial em Porto Alegre e competição nacional em Santa Catarina

Por Gabriel Gontijo


Ralff Abreu, que treina na Praia de Icaraí. Foto Divulgação


O tenista de praia niteroiense Ralff Abreu conta as horas para a disputa dos últimos torneios de 2020: o evento do circuito mundial, ITF de Porto Alegre (RS), entre 4 e 6 de dezembro, e mais dois torneios em Brusque (SC), entre os dias 9 e 13 de dezembro. Por isso, ele tem se dedicado integralmente a treinos especiais.


Depois de passar uma semana de treinos com a Seleção Brasileira de Tênis de Praia em Uberlândia (MG), entre 10 e 17 de novembro, o atleta está em uma nova etapa de treinamentos, mas desta vez no "quintal de casa", na Praia de Icaraí, na Zona Sul de Niterói.

-Foi bem legal estar de volta no grupo, sentimento muito bom. Estar também com juvenis é muito bom, sentir que eles estão prestando atenção no que estamos fazendo. É uma responsabilidade dar o exemplo a eles também. Foi bom voltar a treinar e estar em atividade com esse time forte. Foram treinos bem intensos e super proveitosos - disse Ralff. Sobre os treinos em Icaraí, o tenista de praia falou ao A Seguir: Niterói que não precisou fazer qualquer mudança recente na rotina de treinos, mesmo com o aumento de casos da Covid na cidade. Apesar disso, a forma de treinamento precisou ser adaptada em comparação com o ano passado até por causa da redução das competições ao longo do ano.

-Justamente por conta da pandemia, eu tenho treinado bem menos em relação ao que eu treinava no ano passado. Como são poucos torneios neste ano e não tenho parceiro de treino, então nesse sentido foi necessário uma readaptação. Por exemplo, sempre passo álcool em gel na bola e na raquete. Treino aeróbico eu faço na própria praia, não mais em academia. Agora uma outra mudança por causa desse recente aumento de casos não foi necessário porque já estou seguindo com os cuidados necessários desde que a doença chegou ao país - explica Ralff Abreu. Atual 31º do mundo, Abreu já foi vice-campeão do mundo pela Seleção Brasileira de Tênis de Praia no Mundial da Rússia em 2017. E é pensando em subir mais posições no ranking que ele se prepara para as competições na capital gaúcha e na cidade catarinense. Cada competição paga respectivamente US$ 4 mil (cerca de R$ 24 mil) e R$ 20 mil. Em 2019 foi vice-campeão no ITF de Brusque (SC) e campeão no ITF de Niterói (RJ).

728x90.gif

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.