UFF faz 60 anos: Cine Debate comemora a data nesta quinta (17)

Atualizado: 18 de Dez de 2020

Mostra contará com exibição de cinco curtas seguidas por debates com os realizadores dos filmes

Por Livia Figueiredo


Para celebrar suas seis décadas de existência, a UFF organizou uma mostra de filmes produzidos ao longo dos anos pela instituição. Com curadoria da professora, produtora e documentarista Tetê Mattos e do programador do Centro de Artes UFF, Paulo Máttar, foi selecionada uma obra cinematográfica representante de cada década de produção uffiana. A mostra, que será transmitida nesta quinta (17), às 19h, contará com a participação de técnicos, professores e alunos da UFF que foram marcos de suas gerações.


Após a exibição dos filmes, acontecerá um bate papo com os realizadores dos cinco curtas-metragens, mediado pela aluna de Cinema e Audiovisual e pesquisadora do Laboratório Universitário de Preservação Audiovisual, Laura Batitucci.


A Classificação indicativa é de 16 anos e os filmes podem ser assistidos pelas redes sociais do Centro Artes UFF ou pelo seu canal de Youtube, acessando o link: https://youtu.be/E1FNFAezx5o


Confira abaixo a lista dos circo curta-metragens que serão exibidos hoje:


UM FILME PARA CINEMA, de Luelane Corrêa


[RJ, ficção, 15min, P&B, 16mm, 1979]


Com Hamilton Rezende, Afonso Henriques, Inez Cabral, Nelson Pereira, Flávio Chaves, Kaiq Antunes, Tunico Amâncio, Iara Reis, Marco A. Rocha, Teresa Andrea, Wilson Paraná, Ambrósio, Selmo Kaufmann, Antônio Carlos Feitosa, Maurício Antoun, Luís Otávio Guasti, Nilo Monteiro, Sérgio Maia


Esse curta, que foi realizado no interior de uma prisão, desencadeia conflitos entre os presos e também entre a equipe de filmagem.


NITCHEROY EM FOCO, de Gustavo Cascon


[RJ, ficção, 18min, cor, 16mm, 1988]


Com Odete Boudet, Nobile Lima, Afonso Henrique, Elaine da Silveira, José Alberto Nobre

Porto, Hélio Muniz, Felipe Tavares, Sonali Santos, Mineiro, Guilherme Tristão, Márcia Watzl, Danilo Dutra de Souza, Ricardo Tromba, Gustavo Hernandez, Zé Biondo, Bete Bauer, Wilson Pessoa, Betão, Afonso Henriques.


Nesta edição do cine-jornal Nictheroy em foco: Poetisa lança seu livro em conhecida pastelaria da cidade, que na ocasião também comemora 50 anos de fundação; Atriz niteroiense ganhadora do Oscar volta consagrada à sua terra natal; Reportagem traça perfil de um estuprador de vendedoras de boutique de Icaraí, que finalmente é preso pela polícia; Uma reportagem sobre a tradicional pelada de praia em Icaraí e sua relação com os banhistas da cidade.


GOSTOSA, de Pablo Torres Lacal, Márcia Nascimento, Aexandre Plosk, Cléber Rezende


[RJ, experimental, 7min, cor, 16mm, 1991]

Com Constância Laviola, Cristiana Albi, Hermínia Fróes Bragança, Jandir Ferrari, Demo Miklos.


Metáfora poética sobre o desejo, o encontro e a satisfação sexual. Um filme que quer excitar o espectador. Fazê-lo sentir, lembrar, deliciar-se aberta e maturamente. Um experimento com a relação som-imagem, ausentando-se, ora um, ora outro, para incrementar a expressividade da imagem.


UM SOL ALARANJADO, de Eduardo Valente


[RJ, ficção, 17min, P&B, 16mm, 2001]


Com Patrícia Selonk e Abílio Campos


Quatro dias na vida de uma mulher e seu pai.


INCONFISSÕES, de Ana Galizia


[RJ, doc, 22min, P&B e cor, digital, 2018]


Com Ana Galizia, Charles Fricks, Geovaldo Souza, Gunnar Borges, Leandro Rebello, Lucas Inácio Nascimento.


Luiz Roberto Galizia foi uma figura importante para a cena teatral nas décadas de 1970 e 1980. Este documentário procura um resgate do vivido, a partir do registro feito em fotografias e filmes super 8 pelo tio Luiz e, encontrado por Ana Galizia, 30 anos depois de sua morte.

© 2020. A Seguir Niterói. Todos os direitos reservados. Site por Grazy Eckert e João Marcos Latgé.